Download da 4ª temporada de Torchwood – Miracle Day – Dead of Night Episódio em AVI (550 mb): Megaupload Episódio em MKV (1.44gb) – 720p...

Download da 4ª temporada de Torchwood – Miracle Day – Dead of Night

Episódio em AVI (550 mb):

Megaupload

Episódio em MKV (1.44gb) – 720p

Legenda em inglês:

Addic7ed

MKV Legendado:

Multiupload

Legenda em Português

 Legendas.tv

OS COMENTÁRIOS DESTE POST CONTÉM SPOILERS!

Universo Who

Publicações feitas por colaboradores que em algum momento fizeram parte da história deste site desde 2009, mas que não mais fazem parte do projeto.

  • MicaRM

    julho 23, 2011 #1 Author

    Foi o episódio que eu mais gostei até agora ^_^.

    Responder

  • biancavani

    julho 23, 2011 #5 Author

    E por trás da Companhia Farmacêutica do Mal está aquele triangulinho do cel do Rex. Que fucking alien será este?
    Foi legal aquele “é maior por dentro”.
    A competiçãozinha britânicos/americanos está me rendendo boas risadas. O Rex dizendo “mate” com o maior menosprezo; o apelido que deu ao Jack (segunda guerra, rsrs); a Gwen estranhando as siglas, o nome das batatinhas…
    Uau, a única pessoa que Jack supunha que tivesse uma ligação visceral com ele – Gwen – agora está mais ligada mesmo é com a filha… Pobre Jack, sozinho na imensidão do universo…

    Responder

  • petraberg

    julho 23, 2011 #6 Author

    . Britânicos putos com a ida de Torchwood para USA (sobretudo por só ser transmitido no UK seis dias depois, rsrs);
    . americanos putos por USA estar financiando show britânico;
    . brasileiros antiamericanos putos pela americanização;
    …. e David T Russell juntado uns bons trocados e se divertindo na América.

    Quanto a mim, quero que o circo pegue fogo, rsrs. Diversão dupla: a série renovada, com nuances americanas e britânicas, e a guerra de todos contra todos…

    Responder

    • Nat

      julho 24, 2011 #7 Author

      petraberg,

      Desculpe, mas você usou clichês generalistas em seus comentários. Não sou nem um pouco antiamericana, mas estava preocupada com a americanização da série por temer que ela perdesse seu “punch” britânico… até agora… so far so good!

      Os britânicos estão mais putos com o delay do que com a ambientação nos EUA… já aceitaram DW tentando conquistar os yankees!

      Sobre americanos putos pelo canal Starz financiando show britânico… duvido muito. O que dizer das versões de Being Human, The Office e tantas outras? Isso sem falar de séries como Game of Thrones e tantas outras que usam elenco predominantemente britânico?

      Mas estou gostando muito da nova temporada de Torchwood, quero mais é que a série continue por mais temporadas, independente de parcerias americanas, norueguesas, chinesas, russas, chilenas, etc, etc,etc…

      Responder

      • petraberg

        julho 24, 2011 #8 Author

        Cara Nat,
        Na verdade, eu estava justamente me referindo às pessoas que se levam por estereótipos. O que, absolutamente, não é o seu caso.

        Você acessa o Gallifrey Base? Tem uma seção lá em que eu estava lendo comentários de americanos irados sobre USA investir em Torchwood. Dê uma espiada; é divertidíssimo.

        A meu ver, o que seria estranho é que Torchwood, com esta parceria, permanecesse como era antigamente. Até que os sócios americanos preservaram muita coisa… Por exemplo, The office não teve a mesma sorte…

        Uma curiosidade: há algum tempo, li um artigo no The Guardian a respeito das 100 (acho que eram 100…) séries mais populares no UK. Pasme: DW não estava lá, e a maioria era série americana! Ou seja, até os britânicos estão se rendendo ao poderio dos americans. Eu, que prefiro as séries britânicas, fiquei atônita, e até mandei a notícia para o Breno (daqui do UW).

        Por último, sugiro a todos a série Sirens. Puramente britânica… e estupenda.

        Responder

  • Joao

    julho 24, 2011 #9 Author

    Jack e o Barmen foi o ponto alto deste episodio, e o Jack falando dos velhos tempos com a Gwen me fez chorar.

    Responder

  • Simone

    julho 24, 2011 #10 Author

    Preciso da legenda em português…. please…. to ansiosa pra assistir… kkk

    Responder

  • Hugo

    julho 24, 2011 #11 Author

    Quando é que sai a legenda?

    Responder

  • aschenbach

    julho 24, 2011 #12 Author

    Petra, além da americanização, aqui no Brasil (onde a sociedade é “amplamente liberal”, como você sabe) receava-se que os americanos (suuuperr conservadores) iriam minimizar ou até eliminar a característica do Jack de atrair quem quer que estivesse ao lado dele. Então, foi bem engraçado a transa escancarada dele com o barman, contrastando com o lance quase que só romântico que ele teve com o Ianto. Igualmente os inúmeros closers de bunda, tanto dele com o barman quanto do Rex com a Dra. Juarez. A propósito, que grande atriz, não? E para finalizar, a piadinha com o empalado não foi bem a que conservadores costumam fazer, não é?

    E a trama vai se desenvolando. Yeah, que aliens crudelíssimos estão orquestrando esta desgraça para os terráqueos?

    Responder

    • petraberg

      julho 24, 2011 #13 Author

      Caro aschenbach, realmente isso foi gozadíssimo. As pessoas ouvem e repetem estereótipos, se guiam por eles e seguem pela vida sem enxergar o que de fato é real.

      Meu, que aliens serão estes?! Poderiam só dizimar a humanidade, sem essa crueldade sem precedentes… (rs, lembrei do Maluf)

      Responder

      • Nat

        julho 26, 2011 #14 Author

        petraberg,

        Desculpe por não ter percebido sua (finíssima!) ironia! Vou dar uma olhada no Gallifrey Base! Mesmo DW deu uma “americanizada” básica após começar a passar simultaneamente no UK e USA. Mas continuou excelente!

        E concordo que os americanos preservaram muita coisa. Vários “remakes” (como Life on Mars, por exemplo) não tiveram a mesma sorte… Minha preocupação inicial com TW era justamente tirar a essência da falta de pudor ao explorar dilemas morais que TW tinha (e, thanks god, ainda tem).

        E já adoro Sirens!

        aschenbach e ◦petraberg,

        Também foi com alívio que vi a transa do Jack! Mas (e sempre tem um “mas”), assisti a uma entrevista do John Barrowman em que ele diz que Jack, nesta nova temporada (e para não confundir o novo público americano) será relegado a apenas gay e não mais a um omnisexual. E outra coisa que os ingleses devem estar se mordendo de raiva: as cenas de sexo deste episódio serão censuradas na exibição britânica!

        Abs!

        Responder

      • petraberg

        julho 26, 2011 #15 Author

        NAT (não havia como responder na sua réplica),

        Fazer sucesso na América é o sonho (confessado ou não) de quase todos os atores/diretores britânicos. É, o Império Americano é um trator passando em cima de tudo.

        Que legal! Você é a primeira pessoa que conheço, no Brasil, que assiste à série Sirens. É muito boa, né? Espero que mais pessoas possam curti-la.

        Então está decidido que Jack vai ser só homo, e não mais omni? Ah, era mais original como omni… Bem, mas atualmente o que rende mais bilheteria é o primeiro. Ah, mas isso é de somenos…

        Então veja mesmo Gallifrey Base. A maior parte é dedicada a Doctor Who, mas há muitos outros temas, até sobre o ateísmo. Tem gente do mundo todo nesse forum, inclusive vários do UK.

        Kiss

        Responder

  • Hugo

    julho 24, 2011 #16 Author

    A legenda já saiu no legendas.tv. Segue link:

    http://t.co/HmJByZm

    Responder

  • Daniel

    julho 24, 2011 #17 Author

    já tem legenda… 🙂 legendas.tv

    Responder

  • F@bio

    julho 24, 2011 #18 Author

    finalmente esse episodio teve um pouco do torchwood que agente conhece, ou seja putaria hard core, pra poder tranquilizar os fas

    Responder

  • Artur

    julho 24, 2011 #19 Author

    Adorei o jeito como eles mostraram a Gwen sofrendo choque cultural, e a moça da CIA traduzindo pra ela as expressões americanas para as britânicas e vice versa.

    Sem contar a piada do “dirigir do outro lado da rua”, discreta e sem cliche.

    Responder

  • Lucas Casburgo

    julho 24, 2011 #20 Author

    E nessa nova temporada nunca acontece nada; só enrolação.

    Responder

    • Rafael Nunes

      julho 24, 2011 #21 Author

      Realmente, nao acontece nada… dava pra fazer 1 eps só com quase tudo que já aconteceu.

      Responder

  • josé marcelo

    julho 24, 2011 #22 Author

    Até que enfim. Um episódio legal finalmente.

    Responder

  • Laivindil

    julho 24, 2011 #23 Author

    Gostei de todos até agora, a história está se desenrolando. O segundo foi ação sem parar, esse deu uma parada pra respirar e foi bem interessante entrar mais na psicologia da relação Jack/Gwen. Bill Pullman está estupendo como o assassino lá, que puta ator. O Rex me irrita um pouco, acho ele forçado, mas não é nada que atrapalhe a minha diversão. E tomara que vejamos alguns aliens até o fim desse arco.

    Responder

  • Mariana Oliveira

    julho 25, 2011 #24 Author

    Aguardando o episódio legendado….Estou bem ansiosa pra comentar o/

    Responder

  • Scary

    julho 25, 2011 #25 Author

    Não to gostando do rumo das coisas… Parece que a Gwen está flutuando muito na atuação, apesar de ela ser uma britânica em solo americano, estão forçando tanto nas piadinhas que está me parecendo “falso”… Perdendo o realismo, não ta dando pra se conectar aos personagens e cada vez eles apresentam mais e mais coisas de uma vez, ta difícil manter o foco… Na minha opinião uma primeira temporada assim (pois para a américa é uma novidade), eles deviam perder mais tempo envolvendo o público aos personagens e menos no problema global…

    A cena do Jack com o barman foi ABSOLUTAMENTE desnecessária… Parece que houve um desespero pra mostrar que ele é homossexual… Mas OPA, ele não é homossexual, ele é um humano do século 50 que não tem preconceito… ele atira pra TODOS os lados (mulheres, homens, alienigenas, robos, etc). Ele se apaixonou pelo Ianto, mas isso não o torna homossexual. Estão banalizando e destruindo o personagem na minha opinião… A idéia de flertes, indiretas, piscadelas e irresistibilidade pra QUALQUER um que conhecesse ele era o que fazia o personagem impar…

    Não sei se a culpa é da americanização, do Russel T. Davies ou é tudo impressão minha… Não me importa nada disso, mas não to gostando nada mesmo… =(

    Responder

    • biancavani

      julho 25, 2011 #26 Author

      Scary, eu não queria admtir, mas também achei que Gwen está um pouco forçada. Jack transando com o barman, acho que é para aumentar a audiência, pelo menos entre a comunidade gay mundial. Não dá para saber se Jack mudou para exclusivamente homossexual – digo isso não para criticar, caso tenha ocorrido essa mudança, mas porque significaria uma mudança da personalidade (ou sei lá que nome teria isso) do Jack.
      É, não está muito sutil.
      Que haverá muitos elementos típicos do jeitão americano é fato consumado. Esperemos que não sejam elementos mediocres, banais, bobos.
      Contudo, apesar desses pontos que você tocou, estou gostando e achando que vai dar tudo certo.

      Responder

  • PinkPaulaS

    julho 25, 2011 #27 Author

    Finalmente a palavra “aliens” foi sugerida para o Miracle Day.
    To doida pra ver a cara do Rex e da Esther qdo depararem com um deles. 😀

    Responder

  • kuka

    julho 26, 2011 #28 Author

    Adorei o ep. a cena da transa do jack com o barman foi mto legal!! Tinha medo deq o seriado ficasse mto americano, mais na minha opnião naum estar mto americano naum =x
    pessoas reclamando do mekhi, eu to gostando dele,tem esse tipão ” americano”
    a cena do bill pulman com o jonh foi mto fantastica, o personagem dele falando sobre o pq q fez com a menina, foi mto FANTASTICO e mto verdadeiro, adorei tbm ele se comparando ao jack de certa maneira.
    gwen ta sensacional com aquela guria, naum sei o nome dela!
    e tec time lords… hum… qual será o alien da vez?

    Responder

    • Scary

      julho 26, 2011 #29 Author

      Só pra esclarecer… Não tem tecnologia time lord ali… Ele só falou “It’s bigger on the inside” para fazer referência… =P

      Responder

  • blogandosobreonada

    julho 26, 2011 #30 Author

    Ta ficando foda e é TorchWood nada mais importa e o Jack passando o “cerol” no barman indica uma coisa – O seriado ainda é a cara dos gays que criaram a ele e a nova era do Dr Who, Torchwood ainda é a mesma. Não briguem, roteiristas fodas, sabem que vamos discutir isso e aquilo, apenas vejam o seriado.

    Responder

  • Nat

    julho 26, 2011 #31 Author

    petraberg (também não consegui responder à sua réplica).

    Sirens é uma das minhas séries favoritas no momento! Também recomendo a todos! E no episódio 4, Rashid ainda menciona a TARDIS (a compara com a ambulância) e até tenta reproduzir a musiquinha tema de DW! Supimpa!

    Responder

    • petraberg

      julho 27, 2011 #32 Author

      Rsrs. Eu não mencionei a referência do Rashid à Tardis porque, para mim, foi uma surpresa tão legal, que quis que as pessoas tivessem a mesma experiência.
      Mas você está certa: dizendo isso, e até postando o vídeo, potencializa o interesse.

      Responder

  • Bruno

    julho 27, 2011 #33 Author

    Eu acho o seguinte, quiseram fazer uma comparação entre o modo americano (o Rex faturando a doutora peituda) e o britânico (Jack e o barman). Aliás, ficou tão esteriotipado que até a transa de Jack estava na mesma posição que a de Rex, apesar da “impossibilidade biológica” de ser daquele jeito. Teve direito inclusive a butt-closes similares nas duas situações.

    TIRANDO ISSO que foi inteiramente desnecessário, não acrescentou nada a história e – diga-se de passagem – NÃO é o método do Jack de arrumar companhia, o resto do episódio foi bom. Só não entendi porque vocês aceitaram a explicação de “alienigena” tão fácil, se nem eles mesmos sabem se é isso mesmo.

    Outra situação que comparou os americanos e britânicos foi a conversa de Esther (magra, loira) com Gwen (cheinha, morena) após Jack ir caçar. As duas contrastam bastante, até nos métodos (Esther sem experiência, Gwen já tendo batido muitas vezes, como ela disse quando puxou o guarda pela gravata).

    Responder

  • Heber Dantas

    julho 27, 2011 #34 Author

    Cadê o episódio legendado???

    Responder

    • Breno Costa

      julho 28, 2011 #35 Author

      Hoje à noite estará aqui, no mais tardar amanhã. Tive alguns problemas, mas já os estou resolvendo.

      Responder

  • Denyalle Karen

    agosto 2, 2011 #38 Author

    Nota 6,5 pra quem fez a legenda… Argh!

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *