Goste ou não, Doctor Who é e sempre foi para as crianças – e o showrunner Steven Moffat diz que não há nada para... Steven Moffat: Doctor Who é para crianças, mas não é bobo

peter-capaldi-with-a-baby-christmas-mysterio-doctor-who

Goste ou não, Doctor Who é e sempre foi para as crianças – e o showrunner Steven Moffat diz que não há nada para se envergonhar a respeito disso.

Na verdade, ele tem uma brilhante analogia de por que é OK para os adultos gostarem – melhor, amarem – uma série que foi criada para as crianças.

“Eu acho que Doctor Who é como quando você vai a um restaurante e olha por um bom tempo o menu infantil”, disse ele à imprensa. “É sempre melhor do que o risoto que vou fingir que quero.”

Moffat insistiu que mesmo sendo “um programa para crianças”, isso não significa que não possa ser “desafiador”.

“As histórias de Doctor Who podem ser complicadas e emocionais – você deveria sentar e assistir”, argumentou. “Mas precisa ter em mente a maneira ligeiramente diferente, mais intensa, mais emocional que as crianças vêem televisão.

“Em sua essência, é um programa para crianças – um que os adultos absolutamente amam, mas ele pertence à elas. Tenho convicção disso – mas não significa que acho bobo. Muito pelo contrário.”

Moffat deixará Doctor Who após o final da 10ª temporada.

Doctor Who voltará entre Abril e Junho desse ano na BBC One.

E você, acha que a série dosa bem entre o infantil e desafiador?

FONTE: Digital Spy

Jéssica Laíse

Uma guria viciada em seriados, esportes e música. Nasci em 23/11/1991, coincidência? Moro no interior de São Paulo, mas vivo sonhando com as terras dos pampas gaúcho.

  • Maníaco por Doctor Who

    janeiro 22, 2017 #1 Author

    Para mim a alegria de Doctor Who chega para todos crianças, adultos, idosos, comecei assistir Doctor Who com 10 anos através da TV Cultura e a partir daí q encontrei esse maravilhoso site, Doctor Who mudou minha maneira de pensar sobre as pessoas e o mundo.

    Responder

  • Arcanjo

    janeiro 22, 2017 #2 Author

    Tradução: DW tem uma formula que atrai crianças e adultos!

    Responder

  • Bruno

    janeiro 22, 2017 #3 Author

    Fato que é voltado para o público mais jovem, acho que isso ficou em maior evidência para mim agora que comecei a assistir Torchwood, que se passa no mesmo universo mas é uma série voltada ao público adulto. Em Torchwood percebemos que por mais ameaçadores que os aliens de DW sejam, nunca teve um gota de sangue derramada, os temas em sua maioria não são tão pesados e coisas do tipo.

    Mas apesar disso, DW realmente não é uma série boba, quando dizem que é uma série para crianças, faz as pessoas imaginarem comparações com séries da Disney ou da Nickelodeon, que geralmente são séries de humor com temáticas bobinhas. Mas podemos ver temáticas profundas, como na última temporada, em que entra em questão se o Doctor deveria ou não salvar o Davros.

    Responder

    • Jéssica Laíse

      janeiro 24, 2017 #4 Author

      A série em 1963 foi criada para o público infantil, em ‘An Adventure in Space and TIme” pode ser visto isso. Quem fugiu disso foi o RTD, com a matança descabida nas duas primeiras temporadas. Com o 11º Doctor, Moffat tentou retomar esse lado infantil e com o tempo foi deixando mais sombrio. Como foi a 9ª e melhor temporada da série atual (minha opinião, tu pode descordar). Se engana se acha que o público maior é de adultos. MUUUUUUITAS crianças assistem a série lá no Reino Unido. Li uma entrevista da editora da Doctor Who Magazine falando sobre isso. Doctor Who nunca foi pra adultos, nessa série nova que eles quiseram jogar pro público adulto. Mas amigo, essa é minha opinião.

      Responder

      • Bruno

        janeiro 25, 2017 #5 Author

        Concordo sobre a 9ª ser a melhor temporada, ela já começou foda com o Capaldi entrando no coliseu tocando guitarra em cima de um tanque. uashaushausu
        Eu ainda não comecei a clássica, quero ver os spin-offs da atual antes, mas pretendo ver ainda esse ano.

        Responder

  • Alexandre Lessa Mattos

    janeiro 24, 2017 #6 Author

    Acho que esse é o problema da BBC, que continua com a mesma mentalidade da década de 60, porém com mais restrições para com a série. Óbvio que não tem como levar a sério um alienígena que viaja pelo espaço-tempo dentro de uma nave que é maior por dentro do que por fora, mas ao mesmo tempo, ao dizer que “é pra criança”, significa que determinadas coisas mais “agressivas” não podem ser feitas. Não que eu queira um banho de sangue a lá Jogos Mortais, mas manter o show focado para o público especificado, deixamos de ver roteiros mais maduros e, convenhamos, o público maior do show é de pré-adolescentes para cima, até mesmo galera que passou dos 40 anos, não à toa que não somente a qualidade do programa tenha decaído (valeu Moffat!), como também a audiência está seguindo no mesmo caminho. Felizmente o Moffat está metendo o pé e já vai tarde. Só espero que o Chibnall faça um trabalho melhor na próxima temporada, e tenha uma abordagem diferente da que estamos acostumados nos últimos 7 anos.

    Responder

  • Herege

    janeiro 25, 2017 #7 Author

    Adoro Doctor Who mas “Waters on Mars” é um episódio que eu nunca mostraria para crianças.

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *