O box do DVD da sexta temporada vai ser lançado dia 21 de Novembro e o site da revista SFX, já o tendo em mãos, fez...

O box do DVD da sexta temporada vai ser lançado dia 21 de Novembro e o site da revista SFX, já o tendo em mãos, fez uma review dos cinco mini episódios (“Night With The Doctor”, Noite Com o Doctor). Os episódios de poucos minutos cada foram escritos pelo Steven Moffat e neles aparecem Karen Gillan, Matt Smith e Alex Kingston, com algumas aparências do Arthur Darvill e do James Corden. Aqui você confere a review: ATENÇÃO PARA SPOILERS.

Os primeiros quatro episódios estão todos conectados e acontecem praticamente na TARDIS. Totalizando 12 minutos, eles todos fazem uma pergunta: o que o Doctor faz enquanto a Amy e o Rory estão dormindo? Bem, dado que o Doctor não dorme tanto quanto nós humanos, ele tem aventuras, é claro – aventuras com uma certa amiga de cabelo vermelho…

“Night And The Doctor” começa de jeito excêntrico, enquanto Amy atende uma ligação de um nobre britânico, e o Doctor vai a uma festa, vestido de smoking e cartola, levando um peixe dourado num aquário – um peixe dourado muito importante. Bem, ou assim ele pensa, de qualquer forma… é uma viagem inconsequente, mas divertida. Arthur Darvill também aparece nesse curto tempo, depois do Doctor acordá-lo exclamando, “Rory, ela está tendo um ataque de nervos!”

“Good Night” é o episódio favorito dos reviewers (e de quase cinco minutos, o mais longo). Um episódio de apenas duas pessoas bem tocante, com Smith e Gillan, ele mostra a Amy tentando conversar com o Doctor sobre o fato de “sua vida não fazer sentido” (já estava na hora também!), e o Doctor a levando para “o momento mais triste na sua vida” para encontrar… bem, isso seria estragar a surpresa. Uma idéia expressa aqui é que nossas memórias mal lembradas e o sentimento de déjà vu são na verdade efeitos colaterais do tempo ser reescrito.

Em “First Night” o Doctor pousa na primeira noite de River na cadeia, para levá-la numa aventura. Terminando em suspense, é realmente a primeira parte de um episódio duplo, que termina em “Last Night”.

Esse conto tem Moffat fazendo uso característico das possiblidades de viagem no tempo, e colocando elas à serviço de uma miniatura farça timey-wimey: em um momento, há três River Songs na TARDIS… Uma coisa interessante que aprendemos é que foi o Doctor quem sugeriu que a River mantesse um diário das aventuras deles, e quem a introduziu ao termo  “spoilers”. Agora, sobre o significado do título? Bem, nós não vamos estragar a surpresa, mas digamos que ele tem um significado doloroso.

Finalmente, “Up All Night” está em um disco separardo dos outros mini episódios, que é inicialmente bem intrigante. Tudo se torna claro quando você assiste, já que não há absolutamente nenhuma conexão entre eles. Durando apenas um minuto, foi claramente escrito com a intenção de usá-lo como um dos prequels dos episódios usados para promover a série na internet. Contando com Craig, Sophie e, er, Stormageddon, ele se passa antes dos acontecimentos de “Closing Time” e basicamente estabelece o contexto para o episódio. O mini episódio sendo visto depois do episódio do Gareth Roberts acaba, pra falar a verdade, se tornando bem insignificante. (fonte)

Universo Who

Publicações feitas por colaboradores que em algum momento fizeram parte da história deste site desde 2009, mas que não mais fazem parte do projeto.

  • Thais

    outubro 17, 2012 #1 Author

    estes MINI-EPISÓDIOS (Night With The Doctor) serão disponibilizados no site? 🙂

    Responder

    • Matheus Carvalho

      outubro 18, 2012 #2 Author

      Esses episódios estão disponibilizados no site na página da 6ª Temporada! 🙂

      Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *