Quem são os “Harmony Shoal”, os vilões roubadores de corpos que tentam dominar o mundo, no especial de Natal de Doctor Who “The Return of... Quem são os vilões “Harmony Shoal” – e onde já os vimos antes

harmonyshoal2

Quem são os “Harmony Shoal”, os vilões roubadores de corpos que tentam dominar o mundo, no especial de Natal de Doctor Who “The Return of Doctor Mysterio“?

Uma resposta é:

eles são uma espécie alienígena parecida com cérebros sem corpo e que gostam de habitar corpos hospedeiros (depois de primeiro remover os incômodos cérebros originais deles).

shoal_of_the_winter_harmony

Outra resposta é:

eles são “organismos multinucleados, funcionando independentemente como um sistema nervoso central peripatético e infinitamente adaptável”.

(Obrigado por clarear as coisas, Doutor…)

sushi

Mas nós já não os vimos antes de algum modo?

Bem, sim. Eles apareceram no episódio anterior, do qual você provavelmente talvez não deva se lembrar tão claramente – já que foi há um ano atrás.

harmonyshoal

O especial de Natal de 2015, “The Husbands of River Song”, exibiu humanoides com a mesma cicatriz diagonal nos rostos e a mesma habilidade de abrir as próprias cabeças para guardar coisas na gosma azul dentro dos crânios.

Eles identificaram-se pelo nome “Shoal of the Winter Harmony” (na dublagem brasileira ficou “Grupo da Winter Harmony”) e, por isso, o termo “Harmony Shoal” ficou sendo o nome da falsa empresa de pesquisa no episódio de 2016.

harmony3

É interessante que o Doutor não fez referência ao seu encontro prévio com eles. Apesar do fato de os eventos de “The Husbands of River Song” terem acontecido no ano 5.343 (supostamente 3.327 anos após os eventos dos dias atuais em “The Return of Doctor Mysterio”), eles na verdade aconteceram logo após o Doutor chegar à Nova Iorque de 2016, considerando a linha do tempo pessoal do Doutor.

harmony

“The Husbands of River Song” foi também a aventura em que o Doutor encontrou pela primeira vez seu atual companion de viagem Nardole, quem ele eventualmente resgatou do corpo robótico do tirano Rei Hydroflax (longa história).

Hydroflax conquistou o povo de Nardole, assim como inúmeros outros, inclusive o Shoal of the Winter Harmony, que esperavam homenageá-lo com um presente, o Halassi Androvar, o diamante mais valioso do universo (o qual River Song tinha tentado roubar do cérebro de Hydroflax – de novo, longa história).

unit_solider_of_harmony_shoal

A questão é que há muitas conexões entre “The Husbands of River Song” e “The Return of Doctor Mysterio”, assim como entre o “Shoal of the Winter Harmony/Harmony Shoal” e o Doutor. E já que os eventos do episódio deste ano aconteceram milhares de anos antes do especial do ano passado, fazendo com que os Shoal não conhecessem o Doutor, ele certamente se lembra deles.

harmonyshoal2

Talvez o Doutor estivesse apenas reprimindo a coisa toda por causa do sofrimento em relação à River. Nardole nos conta que o Doutor tem estado de luto por ela durante 24 anos, e você deve supor que isso seja tempo o suficiente para superar.

No entanto, lembre-se de que o Doutor e a River tiveram seus últimos momentos juntos no planeta Darilium, onde cada noite dura – isso mesmo – 24 anos…

Fonte: Radio Times

Djonatha Geremias News Translator

Não sou Colônia Sarff, mas vivo caçando notícias sobre Doctor Who, com ajuda do Circuito de Tradução da TARDIS. Jornalista cultural, escritor catarinense, roteirista de série e whovian de alma. Para ler todas minhas postagens, clique aqui.

  • Magdiel Araujo

    dezembro 31, 2016 #1 Author

    Poxa, eu nem lembrava

    Responder

  • Nogueira

    janeiro 9, 2017 #2 Author

    Muito interessante!

    Responder

  • Murilo

    janeiro 10, 2017 #3 Author

    pelo menos agora eu sei que não era Déjà vu

    Responder

  • Edson

    janeiro 21, 2017 #4 Author

    Hey, esses cérebros também aparecem na série clássica, não? Ainda na era do 1º Doutor

    Responder

    • Djonatha Geremias

      janeiro 21, 2017 #5 Author

      Oi, Edson. Não, eles aparecem pela primeira vez no especial de Natal de 2015 e retornam no de 2016 apenas, por enquanto. Allons-y! 🙂

      Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *