O fim se aproxima. Após o retorno de Doctor Who na Páscoa deste ano, o último especial de 2009 terminará com o 10º Doutor,...

O fim se aproxima. Após o retorno de Doctor Who na Páscoa deste ano, o último especial de 2009 terminará com o 10º Doutor, David Tennant, regenerando-se no 11º Doutor, Matt Smith. Seguindo os passos de Tennant, também teremos o adeus de Russell T Davies; Steven Moffat irá substituí-lo no cargo de roteirista e produtor executivo.

A longa parceria de Tennant e Davies tornou o programa em um ícone nacional, exterminou a concorrência na briga pela audiência e ganhou todos os prêmios, um após o outro. Durante uma pausa nas gravações, Tennant e Davies concederam esta entrevista para a BBC, onde falaram do passado, do presente e do futuro. O normal, se tratando de Doctor Who.

Falem a verdade, quando chegar o final, será possível segurar as lágrimas?

Russel T Davies: Eu espero que não!

David Tennant: Pelo menos eu chorei! (Quando leu o roteiro)

Vocês fizeram um pacto para saírem do programa juntos?

DT: Nós conversamos sobre isso. Não foi um pacto… Diria que foi uma decisão conjunta. Mas eu quase mudei de idéia.

RTD: Nós falamos sobre nossa saída, durante um jantar, algum tempo atrás. Parecia ser o certo a se fazer. A BBC me pediu para conduzir a quinta temporada, mas eu preferi não mudar de opinião.

DT: Eu fiquei indeciso até a última hora!

Durante a passagem de vocês no programa, vimos muitas coisas retornarem a Doctor Who, como: K-9, O Mestre, Davros. Acham que faltou alguma coisa?

DT: Não, tenho certeza de que nós surpreendemos os fãs. O segundo episódio em que fiz teve a participação de Sarah Jane Smith e de K-9. Posso dizer que me senti com 10 anos novamente quando vi Elisabeth Sladen em cena.

RTD: Eu adoraria ter feito um episódio especial juntamente com Jornada nas Estrelas. Nós chegamos a falar disso no primeiro ano, mas então Jornada nas Estrelas saiu do ar. Pousar a Tardis a bordo da Enterprise teria sido magnífico. Eu iria exigir muitas coisas, e acho que eles também, então imagine a briga que teríamos entre nossos roteiristas e os deles?

É verdade que George Lucas lhe chamou, Russell, para ser o roteirista da série de TV de Guerra nas Estrelas?

RTD: Ele saiu batendo na porta de todos os roteiristas do mundo. Na verdade, há alguns roteiristas britânicos trabalhando com ele para a série de Guerra nas Estrelas, mas não posso dizer quem são. Eles estão lá no Rancho Skywalker (California). Eu soube que eles até puderam brincar com sabres de luz. Deve ser um trabalho excelente, mas eu não iria trabalhar com um programa de ficção científica de segunda categoria, comparado a Doctor Who (Risos)
Tenho certeza que deve ter sido oferecido a vocês dois outros trabalhos que envolvessem novas versões de programas de ficção científica, certo?

RTD: Ah sim, recebi alguns. Pediram-me para trabalhar com uma nova versão de Perdidos no Espaço, e poderia ter ficado ótimo. Claro que eu disse não. Desculpe-me, mas o que já fiz foi minha obra-prima. Mas Perdidos no Espaço quase me convenceu, eles tinham tudo que se precisa: Uma família, um robô, um vilão, uma nave espacial…

DT: Me ofereceram um papel de ficção científica, mas não posso comentar…

Você vai se dedicar ao teatro após Doctor Who? Você já disse que “Teatro é o meu padrão ideal de trabalho”.

DT: É que sempre me senti mais a vontade no teatro. Nos meu início de carreira, foi ele quem pagou o meu aluguel. Mas não tenho idéia do que virá quando acabar por aqui. Ainda está em aberto. E você Russell? Se vê apenas produzindo e não escrevendo?

RTD Não. Se bem que se conseguir um bom… Não, não, NÃO! Odeio trabalhar com roteiros dos outros. (Risos) Só sei trabalhar com meu próprio material.

O projeto intitulado “MGM – More Gay Men” foi apontado como seu próximo projeto. Seria algo como o programa Queer As Folk, no qual já trabalhou?

RTD: Seria, talvez.

DT: Até esqueci que você já tinha trabalhado nisso.

RTD: Bem, na verdade não seria um programa qualquer sobre gays. Se eu fosse, por exemplo, escrever sobre esquilos, eu ficaria seis meses sendo Presidente do Clube dos Adoradores de Esquilos, os esquilos viriam até mim para se oferecer para trabalhar comigo. Então, talvez, eu vá me aprofundar em uma história sobre os gays.

DT: Apesar de que um programa sobre esquilos não seria uma má idéia.

RTD: E você aceitaria o papel principal, não aceitaria? Um esquilo gay?

DT: Mal posso esperar.

Doctor Who fez maravilhas por Cardiff, onde foi filmado. Mês passado a BBC pagou £20,000 para que a Universidade de Glamorgan apurasse os efeitos de Doctor Who.

DT: Como assim?  Os efeitos no País de Gales?

RTD: Turismo. Milhões de faturamento para Cardiff devido às pessoas que vem visitar os locais de gravações. Os taxistas estão fazendo tours por esses lugares. Construiu-se um negócio em cima de Doctor Who.

DT: Ah sim, O The Royal Hotel agora mantém um final de semana especial de Doctor Who.

RTD: Você está trabalhando lá, não é?

DT: Todo final de semana…

RTD: … E fica na suíte presidencial!

DT: E fico exausto. Mas, o trabalho é ótimo. Quem vai para final de semana especial aluga um quarto – óbvio – e ganha uma entrada para a exposição de Doctor Who que ocorre e um mini-Dalek movido a controle remoto.

RTD: Nada mal, certo? Mas sabe o que é engraçado? O sistema de anúncios da Baía de Cardiff, que informa sobre os horários  dos barcos, agora é feito na voz de um Dalek.

O episódio de Doctor Who Confidential que revelou que Matt Smith seria o próximo Doutor teve mais audiência que a final do campeonato Inglês de Futebol.

DT: Ha, Ha, Ha! Tá vendo? Essa á vitória! É a vitória das crianças como eu, que crescem sem entender de futebol mas que adoram Doctor Who, e que claro, são perturbadas por serem nerds e tudo mais… É uma vingança minha!

Foram vocês que, juntos, montaram o visual do 10º Doutor. Como gostariam que fosse o visual do próximo Doutor?

RTD: Ah, eu nem me atreveria a dar opiniões.

DT: Matt tem um ótimo estilo. É provável que seja algo do próprio guarda-roupa dele. Talvez até tenham que dar uma suavizada nele. Mas ele é estiloso, faz com que eu me sinta um velho.

RTD: Talvez eles devessem adotar um visual diferente em cada episódio, deixar ele se vestir como uma pessoa normal.

DT: “Uma pessoa normal”? Você é um herege! Ele até já tem aquele cabelo, bem “Doutoresco”!

RTD: É, mas não tão bom quanto o de David.

DT: Ha! É Diferente!

RTD: É muito bom, na verdade. Gostei bastante.

DT: Parece com…

RTD: Pobre coitado, estamos discutindo o cabelo dele!

DT: Nós e o resto dos fãs! Acho que podemos nos juntar, pelo menos eles já começaram a falar do cabelo de outra pessoa e me deixaram.

Russell, você terá alguma participação no personagem de Matt ?

RTD: De jeito algum. Eu não iria escrever uma só palavra sobre o personagem de outro autor. Quando ele entrar em cena, será o personagem do Steven e do Matt. Cada palavra.

Vocês vão levar alguma lembrança do Set?

DT: Eu nunca fiz isso…

RTD: Vou levar a Tardis! Ha!

DT: Uma Chave de Fenda Sônica estaria de bom tamanho. Mas só tem duas, e elas são uma fortuna.

RTD: Bem que poderiam ver essa entrevista e prepararem uns “presentinhos” para nossa despedida!

Soube que o Príncipe Charles iria fazer uma aparição!

DT: Nós o chamamos!

RTD: Mas ele não respondeu…

DT: Ele nem veio responder pessoalmente?

RTD: Não, nem se deu ao trabalho.

DT: Se soubesse disso, teria o sequestrado quando ele foi assistir Hamlet.

Vocês trabalhariam juntos novamente?

DT: Só se ele pedir.

RTD: Ah, cala a boca! Por favor, eu adoraria!

Traduzido/Adaptado da notícia original em:

http://entertainment.timesonline.co.uk/tol/arts_and_entertainment/tv_and_radio/article6022914.ece

PS: A entrevista original tem 8 páginas, mas entre mortos e feridos, o principal, que se refere a Doctor Who e alguns outros aspectos, está ai. Sinta-se a vontade para conferir a entrevista original.

Universo Who

Publicações feitas por colaboradores que em algum momento fizeram parte da história deste site desde 2009, mas que não mais fazem parte do projeto.

  • Etel

    maio 6, 2009 #1 Author

    Adoro este blog. Seria muito ruim se não existisse para saber novidades e informaçòes sobre o seriado.
    Valeu!

    Responder

  • RJP

    maio 13, 2009 #2 Author

    Já era fã, fiquei ainda + fã desses 2 malucos, o Tennant e o Davies.

    E já pensou, o TARDIS dentro da Enterprise? Eu iria desmaiar, Doctor Who e Star Trek… Sou ardoroso fã das duas, ora. 😀

    Responder

  • Breno Costa

    maio 13, 2009 #3 Author

    Ainda mais com esse novo Star Trek do JJ que está conquistando todo mundo. Até eu que não sou fã estou querendo assistir!
    Aliás, sou a favor de Neil Gaiman e JJ escreverem um episódio para Doctor Who!

    Responder

  • Álvaro

    maio 18, 2009 #4 Author

    massa tb é essa foto. parece que o David vai dar uma cabeçada no Russel^^ uhauha

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *