Por Space Gandalf Agora que nós conhecemos a nova companion em Doctor Who, a, aparentemente sem spoilers, personagem de Jenna-Louise Coleman, como essa mais...

Por Space Gandalf

Agora que nós conhecemos a nova companion em Doctor Who, a, aparentemente sem spoilers, personagem de Jenna-Louise Coleman, como essa mais nova habitante da TARDIS influenciará a vida do Time Lord? Ela não entrará oficialmente no show até o especial de Natal desse ano, claro, mas o showrunner Steven Moffat nos deu algumas dicas do que esta por vir…

“Nós faremos direito a história do Doctor perder uma amiga e ganhar outra. Não vamos tratar isso levianamente. Não é sair de um cômodo para entrar em outro. É a história de como isso afeta ele, porque ele se junta a outra pessoa e o que está acontecendo ali – é tudo importante.”

“O que Jenna traz ao papel? É surpreendente o quanto o show muda com uma coadjuvante diferente. O Doctor é diferente com ela, e o jeito que você vê eles juntos é diferente. Assistimos o Décimo Primeiro Doctor e  Amy chegarem juntos. É como se eles tivessem crescido juntos, brincando. Eles não eram iguais – o Doctor nunca se sente como um igual em relação a seus companions -, mas você conhecia ambos de forma igual e eles eram igualmente importantes um para o outro. Eles “cresceram” juntos. E uma das coisas interessantes ao escrever o Doctor, é que ele é muito suscetível às pessoas ao redor dele. É quase como que se ele fosse deixado só, a sua personalidade se desintegraria aos poucos. Ele meio que se torna o que as pessoas querem que ele seja. Então, ele é o Doctor Maltrapilho da Amy.”

“Com uma companion diferente ele se torna um pouco diferente. Veste-se de forma diferente. O mero fato dele ser mais alto que ela (Jenna) de repente mostra o quão alto Matt Smith é, não tão alto, mas é que ele era do mesmo tamanho da Karen. Ele é o cara mais antigo, não no sentido de ser mais importante mas é que já conhecemos ele, e está treinado uma pessoa nova, esse é o sentido. Nesses cinco primeiros episódios o Doctor é praticamente o filho adotivo de Amy e Rory. Ele deixou de ser o maravilhoso homem do espaço –   o Space Gandalf, como ele quer ser – e torna-se aquela criança problemática que eles tentam controlar. Eles inclusive falam sobre arrumar uma babá para ele, infelizmente tivemos que cortar essa cena. Eles o amam, mas sabem que é uma criança crescida, sabem que devem cuidar dele, certificar-se de que ele comeu e tudo o mais. Mas com a nova companion ele voltará a ser o misterioso viajante do espaço.”

“Isso nunca acaba, essa emoção – você quer ver a reação de quando eles percebem  que é maior por dentro, quer ver o momento que contam os corações, você quer que a história comece novamente. E é isso que ele nos dá. Doctor Who de uma forma mais emblemática, pois uma nova pessoa está aprendendo as regras – e quantas vezes já vimos essa história? Acho que nunca nos cansamos dela.”

Fonte

Universo Who

Publicações feitas por colaboradores que em algum momento fizeram parte da história deste site desde 2009, mas que não mais fazem parte do projeto.

  • Bruno

    setembro 5, 2012 #1 Author

    Moffaattttttttt assim você mata a gente, homem!!! Oswin, que pena que você terminou numa armadura Dalek, final triste como o da River Song, mas ao mesmo tempo seja bem vinda e que tenha grandes aventuras, enquanto possa!

    Responder

  • Otávio

    setembro 5, 2012 #2 Author

    Ainda é setembro… nnnoooo!!! Quero logo o especial de natal, não queria perder os Pond, mas quero conhecer a nova companion também.

    Responder

  • Laís

    setembro 5, 2012 #3 Author

    Tô muito empolgada com a entrada de uma nova companion. Acho interessante isso que o MOffat falou de o Doutor ser diferente com cada nova amizade. Na minha opinião, é uma das coisas mais legais da série, isso de ver os relacionamentos se acabando e novos começando…

    Responder

  • Bruno

    setembro 5, 2012 #4 Author

    No especial das mulheres do Doutor Who falaram um negocio interessante, Laís, sobre a paixão do Doutor de Tennant pela Rose, e como a Martha caiu meio que de “rebound” (não tinha chance nenhuma) e por isso acabou deixando-o (e não sendo deixada), como o Doutor amadureceu com Donna (eles pareciam um casal, sem ser um casal) e finalmente com a River Song.

    Mas o que estou notando mesmo é que o Doutor está cada vez sendo interpretado por alguém mais novo. E se considerar Donna, Amy e agora a Oswin, as companions também.

    Responder

  • Yuri

    setembro 5, 2012 #5 Author

    Moffat está certíssimo! Nós adoramos cada companion, mas sempre estamos esperando pela mais nova… eu amo a Amy, mas me apaixonei pela Oswin (perdidamente) e quero ver essa temporada caminhando pra desPONDida e a chegada da Sufle pra ver como é grande por dentro 😉

    Responder

  • N.Z.

    setembro 6, 2012 #6 Author

    Pergunta:
    Se a linha temporal dela for supostamente como a da River, isso não significaria que ela já conheceria o Doctah antes de virar um saleiro psicopata?

    Wibbly Wobbly timey wimey…stuff?

    Responder

  • Tiago

    setembro 6, 2012 #7 Author

    N.Z.

    Teoricamente o que dizes está certo, mas os daleks apagam as memórias de quem transformam, ou seja, mesmo que a linha temporal da Oswin se cruze com a do Doctor.
    Ela não se lembraria de nada, pois como vimos no primeiro episódio da 7ª Temporada, ela acaba transformada num Dalek.
    Mas se nos lembrar-mos que o Doctor, na 5ª Temporada, que o tempo e a história afinal podem ser alterados, então isso significa que a história da Oswin pode não acabar assim ,pois o Doctor pode conseguir altera-la

    Responder

  • Bruno

    setembro 7, 2012 #8 Author

    N.Z. A não ser que ele tenha apagado a memória dela, como fez com a Doctor-Donna.

    Responder

  • Yuri

    setembro 7, 2012 #9 Author

    MOMENTO TEORIA LOUCA: e se ela, quando baixou o campo de força do asylum, reduziu apenas à sala em que ela estava, pra se proteger?

    Responder

  • Bárbara Damiani

    setembro 9, 2012 #10 Author

    Muitas teorias sobre a Oswin =D eu vou esperar um pouco mais pra falar qualquer coisa.

    Agora sobre a despedida da Amy eu acho que o Doctor vai achar uma maneira de deixar ela fértil outra vez e quando ela ficar gravida ele vai deixa-la,para que assim ela finalmente tenha uma familia quase que temporalmente certa.

    Responder

  • Bruno

    setembro 10, 2012 #11 Author

    Sabe o que seria muito legal? Cameos da Oswin nos diversos episodios, mais ou menos como fizeram com a Rose na 4a temporada, aquela da Donna Noble.

    Responder

  • Bruno

    setembro 10, 2012 #12 Author

    Uma entrevista da JLC sobre sua participacao em Doutor Who

    Responder

  • Bruno

    setembro 11, 2012 #13 Author

    Tava aqui passeando pelos inumeros fan videos no youtube sobre a JLC e me deparei com um pensamento. Sabe quando ela para de atacar o Doutor e pergunta “por que eles te odeiam tanto?”? E ele responde “Ja lutei com eles muitas muitas vezes”. Acho que ela deixou ele escapar para que ele continuasse lutando com os Daleks dessa forma impedindo de acontecer com outros o que aconteceu com ela…

    Outra coisa, surgiu uma teoria na internet de que ela seria uma regeneração da Jenny (filha do decimo Doutor), por conta da cadeira que ela fica sentada ser a mesma da nave da Jenny. Eu não concordo muito com essa teoria porque ficou colocado no episodio da Jenny que ela era humana, e só reviveu (após o Doutor ir embora) porque ainda havia energia de geração no corpo dela (aquele lance das 24h). Como ela teria trocado de corpo e virado a Oswin? Não vejo como.

    Esse episódio é belíssimo, tão bom quanto BLINK.

    Responder

  • diego leal

    setembro 11, 2012 #14 Author

    lembre-se que a jenny tinha dois corações,eu espero muito desta nova companion,ja me encheu a paciencia companions apaixonados pelo doutor,elas devem estar la pela aventura e acompanhar o doutor claro.

    Responder

  • Bruno

    setembro 11, 2012 #16 Author

    Amy nao tem MAIS. Mas ela ja teve, lembra do dia do casamento que ela atacou ele no quarto?

    Responder

  • Bruno

    setembro 11, 2012 #17 Author

    PS O Doutor papou a filha (River) e a sogra (Amy) *risos*

    Responder

  • fofuchafucha

    setembro 15, 2012 #18 Author

    tomara que essa nova compenion seja legal pq para substituir amy e rory nao vai ser facil

    Responder

  • Bruno

    setembro 30, 2012 #19 Author

    Sabe o que percebi, enquanto Amy era “The girl who waited” (a garota que esperou), Oswin é “The girl who can” (a garota que pode, afinal ela hackeou a rede Dalek, coisa que nem o próprio Doutor conseguiu).

    Os spoilers que já surgiram indicam que Clara irá morrer no especial de Natal. Será que teremos algum tipo de “Rory” com ela morrendo em TODOS os episódios?

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *