Parece que a crise pegou Doctor Who em cheio. Após perder o patrocínio de 3 grandes investidores, a BBC precisou rever alguns valores referentes...

Parece que a crise pegou Doctor Who em cheio.

Após perder o patrocínio de 3 grandes investidores, a BBC precisou rever alguns valores referentes à 5ª temporada do seriado, sendo que um destes valores, entre produção, figurino e equipamento, envolvia o salário do recém-escolhido Doutor.

Com as cartas na mesa, duas opções surgiram: Adiar a estreia da temporada para 2011, o que nos daria 2 anos sem episódios de Doctor Who, ou a redução dos custos do seriado.

E foi justamente na redução de salários que Matt Smith acabou abandonando o programa. De acordo com seu assessor, em declaração a imprensa:

“Matt, de início, concordou em reduzir seu salário de £600 mil para £400 mil, mas a produção pediu uma redução para £250 mil, valor impossível de se atingir, dado que o contrato dele era de 3 anos.”

“Concordamos que o cenário econômico atual implique em alguns cortes e sacrifícios, mas o que pediram para Matt fazer foi um ato de insanidade.”

A 11ª encarnação o doutor havia sido anunciada em Janeiro. Com a saída do ator, se espera que a BBC deva ter algum plano para a substituição dele. Outro inconveniente para os fãs é que com esta decisão, a temporada deve ser adiada novamente.

A BBC ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Pessoal, claro que tudo não passou de uma brincadeira de 1º de Abril e o cabeçudo estará, sim, na 5ª temporada. Mesmo com esse salário insuficiente. 🙂

Fonte da notícia:
http://migre.me/hSI

Universo Who

Publicações feitas por colaboradores que em algum momento fizeram parte da história deste site desde 2009, mas que não mais fazem parte do projeto.

  • Daniel

    abril 1, 2009 #1 Author

    1º de Abril !!! xD

    Responder

  • Scoretrack

    abril 2, 2009 #2 Author

    Boo-hoo!

    Responder

  • RJP

    abril 15, 2009 #3 Author

    Avisem a eles q eu aceito ser o 11o Doutor se me pagarem mensalmente 2 mariolas e 1 chokito mordido. =D

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *