O que parecia ter sido o fim de River Song no Especial de Natal de 2015 pode não ser de fato a última aparição... “Há chance de River reaparecer”, diz Moffat, e Alex: “Sempre direi sim”
Alex Kingston with Steven Moffat

Foto: Jay Rivers

O que parecia ter sido o fim de River Song no Especial de Natal de 2015 pode não ser de fato a última aparição da personagem, segundo o próprio escritor-chefe de Doctor Who, Steven Moffat, em entrevista publicada este mês.

DWMNa última edição da revista britânica Doctor Who Magazine (Nº. 509, de 9 de fevereiro de 2017), o produtor executivo da série encarou as perguntas dos fãs na tradicional coluna “Pergunte a Steven Moffat”.

Um dos whovians perguntou sobre a personagem interpretada pela atriz Alex Kingston: “Você sente que a história de River Song acabou?”, e Moffat respondeu o seguinte:

“Bem, sim, parece-me realmente o fim. Exceto, é claro, que não acabou, e não pode acabar. Há chance de River reaparecer sempre, de algum outro ponto da sua linha do tempo, com um camelo roubado, sete novos maridos e um submarino nuclear.”

Por enquanto, Moffat incentiva as produções paralelas, ou seja, não transmitidas na série televisiva, como os audiodramas da Big Finish e os livros da BBC Books, como o “The Legends of River Song” (2016):

“A Big Finish não terminou com ela, creio eu, e qualquer motivo para trazer Alex Kingston de volta à ação é um bom motivo.”

Ele acredita que River possa voltar a qualquer momento na série, mas não na 10ª temporada (ou como ele mesmo costuma dizer, “a não ser que eu esteja mentindo”):

“Porém, para mim, eu acho, já acabou. Na época em que eu acreditava estar saindo da série no fim de 2015, eu especificamente planejei a cena de Darillium como meu adeus – fechando um ciclo completo, de volta ao momento em “Forest of the Dead”, pouco antes de eu assumir a série.”

Em entrevista à Radio Times, a atriz foi questionada se voltaria para Doctor Who e ela respondeu:

Foto: Jay Rivers

Foto: Jay Rivers

“Estou tão apegada à personagem. Nunca esperei que ela fosse crescer e se desenvolver tanto. Você nunca sabe se ela está prestes a ser durona ou boazinha. Enquanto houver histórias que a incluam, eu sempre direi sim.”

River Song apareceu pela primeira vez em 2008, no episódio “Silence in the Library”, da 4ª Temporada, e foi vista por último no Especial de Natal de 2015, “The Husbands of River Song”.

Fontes: Doctor Who TV e Radio Times

Djonatha Geremias News Translator

Não sou Colônia Sarff, mas vivo caçando notícias sobre Doctor Who, com ajuda do Circuito de Tradução da TARDIS. Jornalista cultural, escritor catarinense, roteirista de série e whovian de alma. Para ler todas minhas postagens, clique aqui.

  • Maníaco por Doctor Who

    fevereiro 24, 2017 #1 Author

    #VoltaRiver, eu gostaria muito q ela voltasse, afinal o q seria do Doutor sem o seu amor <3 🙂

    Responder

    • Djonatha Geremias

      fevereiro 25, 2017 #2 Author

      Também amo a personagem, mas será que vale a pena ficar trazendo-a de volta tantas vezes? Gostaria muito de saber como ela fez para ele dizer o nome dele… ai, essa noite em Darilliun… Allons-y! 🙂

      Responder

  • Herege

    fevereiro 26, 2017 #4 Author

    Eu quero a Jenny! Ou a Susan!!!

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *