A BBC liberou uma entrevista feita com ambos atores, falando sobre A Christmas Carol. Confira abaixo: Matt Smith “Sempre quis fazer parte de uma...

A BBC liberou uma entrevista feita com ambos atores, falando sobre A Christmas Carol. Confira abaixo:

Matt Smith

“Sempre quis fazer parte de uma experiência de Doctor Who no Natal, e acho que essa é a mais natalina e criativa estória de Doctor Who até agora. Steven simplesmente fica cada vez mais criativo e o incrível desse episódio é que quando Doctor Who e o Natal se juntam, você combina o espírito das duas coisas; é uma velha história e o Doutor simplesmente adora o Natal.”

No final da última temporada, Rory Williams se tornou o Sr. Pond e se juntou a sua nova esposa Amy e ao Doutor para mais aventuras pelo tempo na TARDIS. De onde o episódio começa?

“Bem começa com Amy e Rory na lua-de-mel, mas a nave em que eles estão viajando dá defeito e eles precisam fazer um pouso de emergência num planeta próximo, de qualquer forma, a entrada da nave na atmosfera do planeta está bloqueada e com a nave próxima de implodir, o Doutor tenta saber o que está acontecendo e como salvá-los.”

“A mente fantástica e mágica do Steven está trabalhando demais, e ele foi extremamente inteligente ao surgir com essa estória, tem bem o tom da estória original do Dickens, só que situada num planeta futurístico maluco e envolve algo mais mágico que os clássicos monstros dos episódios de Doctor Who.”

“O episódio tem um tubarão maravilhoso, e eu estava muito animado com isso, sempre quis explorar o aquático; os espectadores podem esperar “Tubarão” com uma reviravolta!”

Nesse episódio, temos a participação de Michael Gambon e Katharine Jenkins, além do elenco regular.

“Foi realmente um privilégio trabalhar com Michael, tive um ótimo tempo com ele e ele era realmente esperto! Quando eu perguntei-o sobre ter trabalhado com ícones como Olivier e Bates, ele disse que todos têm uma coisa em comum, eram espertos – e ele é exatamente igual. Ele era muito travesso, sempre contando piadas e pegando o espírito da coisa.”

“Com Katherine, estava espantado com o profissionalismo dela; considerado que era a primeira experiência dela como atriz, achei que ela lidou com tudo de forma astuta e muito profissional, é exatamente o tipo de elenco que queremos, alguém que ainda está fresco, animado e novo.”

Mas Matt pode revelar algo sobre quem eles interpretam e a participação deles na estória…?

“Bem, eu posso revelar que Michael faz um personagem parecido com Scrooge, mas tem uma reviravolta de viagem no tempo envolvida. Não há ninguém melhor que Gambon pra interpretar um velho rabugento. Mesmo assim, Michael faz você se importar com esse homem e ele pode de alguma forma virar um garotinho às vezes; ele é um ator bem impressionante.

“Katherine parece com uma princesa, e cara ela sabe cantar; o jeito que ela controla a voz e a graça com que ela canta são incríveis.”

Mas o que será que Matt Smith fará no Natal? “Estarei assistindo Doctor Who com minha família, claro! Creio que teremos um grande almoço primeiro e então sentaremos para assistir o episódio; o Doutor até desce por uma chaminé!

Katherine Jenkins

“Pra ser sincera, não pensava que eu realmente queria atuar. Me pediram pra fazer algumas coisas no passado, e eu não fiz, mas quando me ligaram pra fazer Doctor Who, fiquei realmente animada.”

“É um programa tão icônico e que todos nós assistimos em família. Não estava certa de que conseguiria fazer, mas depois de fazer o teste pro papel, recebi uma ligação no meu aniversário de 30 anos dizendo que eu tinha conseguido. Era o melhor presente de aniversário que poderia pedir!”

Pisando num set pela primeira vez pode ser uma experiência assustadora pra maioria dos atores, então como Katharine se sentiu quando ela se juntou ao resto do elenco no primeiro dia de filmagem?

“Foi uma época fantástica. Tenho que admitir que estava muito nervosa e me senti fora de minha zona de conforto porque nunca tinha atuado antes. Ainda assim, quando cheguei no set, a equipe foi tão acolhedora. Me fizeram sentir como se eu conseguisse fazer isso.”

“Claro que foi bem natalino quando filmávamos em julho! A estória é muito emocional e espero que toque as pessoas. Faço o papel de Abigail, uma jovem mulher que foi congelada numa câmara de gelo. Não preciso dizer que vou sair da câmara, mas os espectadores vão ter que esperar pra ver o que acontece com minha personagem.”

“Eu vou cantar, mas foi ótimo e eu ri muito com Matt entre as tomadas. Ele ficava provocando e cantando para mim, mas sabe, as pessoas deveriam ouvir a voz dele; Ele daria um ótimo baixo!”

Falando sobre o figurino, ela comenta: “Minha personagem vem de uma família sem dinheiro, então meu vestido é muito simples, e eu também uso botas. Se parece quase com uma das várias camadas da roupa de baixo da era Vitoriana!”

Doctor Who é predominantemente filmada em Cardiff, então Katherine também teve o prazer a mais de poder visitar a família durante as pausas na filmagem.

“Não poderia ter sido melhor. Minha família está baseada em Gales, então alguns parentes vieram para o set e eu então tive que ir ver todo mundo, o que foi ótimo.”

“É algo que eu nunca fiz antes, mas realmente gostei, então talvez no futuro eu considere outras oportunidades; mas acho que ajudaria se o papel tiver algum elemento muiscal nele!”

Fonte: Doctor Who TV

Universo Who

Publicações feitas por colaboradores que em algum momento fizeram parte da história deste site desde 2009, mas que não mais fazem parte do projeto.

No comments so far.

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *