A cada ano o site de notícias de ficção científica Airlock Alpha lança um prêmio chamado “Portal Awards”, focado em séries e filmes de...


A cada ano o site de notícias de ficção científica Airlock Alpha lança um prêmio chamado “Portal Awards”, focado em séries e filmes de ficção científica (mas também englobando séries e filmes de fantasia, como Harry Potter e Alice no País das Maravilhas).

Este ano foi claramente a vez de Doctor Who e Torchwood: das 15 categorias, todas as 7 pelas quais as duas séries disputavam foram faturadas. Veja a lista completa de vencedores (destacando as categorias onde Doctor Who aparece) abaixo:

Melhor Ator (televisão): Primeiro lugar: David Tennant – Doctor Who (segundo lugar: John Barrowman – Torchwood)

Melhor Atriz (televisão): Primeiro lugar: Eve Myles – Torchwood (segundo lugar: Karen Gillan – Doctor Who)

Melhor Ator quadjuvante (televisão): Primeiro lugar: Bernard Cribbins – Doctor Who (segundo lugar: John Noble – Fringe)

Melhor atriz quadjuvante (televisão): Primeiro lugar: Alaina Huffman – Stargate: Universe (segundo lugar: Yunjin Kim – Lost)

Melhor episódio de TV: Primeiro lugar: “The End of Time” – Doctor Who (segundo lugar: “Children of Earth” – Torchwood)

Melhor participação especial (televisão): Primeiro lugar: Alex Kingston em “The Time of Angels” – Doctor Who (segundo lugar: Leonard Nimoy em “Over There” – Fringe)

Melhor ator jovem: Primeiro lugar: Daniel Radcliffe – Harry Potter and the Half-Blood Prince (segundo lugar: Jordan Hinson – Eureka)

Melhor produção pela internet: Primeiro lugar: Stargate: Universe – Kino (segundo lugar: Heroes: Going Postal)

Melhor website: Primeiro lugar: SciFi Wire (segundo lugar: Whedonesque)

Melhor ator (cinema): Primeiro lugar: Robert Downey, Jr – Iron Man 2 (segundo lugar: Johnny Depp – Alice in Wonderland)

Melhor atriz (cinema): Primeiro lugar: Sigourney Weaver – Avatar (segundo lugar: Zoe Saldana – Avatar)

Melhor filme: Primeiro lugar: Avatar (segundo lugar: District 9)

Prêmio Rod Serling (séries clássicas): Primeiro lugar: Star Trek: The New Generation (segundo lugar: Quantum Leap)

Prêmio Gene Roddenberry (conquistas vitalícias): Primeiro lugar: Russel T. Davies – por seu trabalho em Doctor Who e Torchwood (segundo lugar: J.J. Abrams – por seu trabalho em Lost e Fringe)

O prêmio é de autoria do site Airlock Alpha (anteriormente conhecido como SyFy Network) e não possui qualquer vínculo com o blog Universo Who.

Para mais detalhes visite:

http://www.airlockalpha.com/specials/portal-awards-2010

http://airlockalpha.com/node/7681/doctor-who-dominates-2010-portal-awards.html

http://www.airlockalpha.com/

Universo Who

Publicações feitas por colaboradores que em algum momento fizeram parte da história deste site desde 2009, mas que não mais fazem parte do projeto.

  • Paty

    agosto 29, 2010 #1 Author

    Nossa, Doctor Who e Torchwood arrasaram mesmo! Oo Super merecido. Deu vontade de rever “Children of Earth”, eu devorei os episódios nas férias, foram perfeitos.

    Não sabia que o Leonard Nimoy tinha feito Fringe, tenho que ver esse episódio. *-*
    Que horror, The Next Generation em séries clássicas, detestável. O filme então é simplesmente o que mais odeio na VIDA! hauahuah
    Russel T. Davies e J.J. Abrams merecem demais [ por sinal, o nome do prêmio não podia ser melhor].

    Adorei o post, melhor eu parar de comentar. kkk

    Responder

  • Bianca Cavani

    agosto 29, 2010 #2 Author

    Premiação justíssima. A atuação de DT, o trabalho de Russell, Children of Earth, Alex Kingston foram excepcionais. Também gostei dos prêmios para Lost e Fringe.
    Para 2011 estou apostando em altas premiações para DW e Steven Moffat. O epi Vincent and the Doctor mereceria que criassem um prêmio só para ele…

    Responder

    • Eddy

      agosto 30, 2010 #3 Author

      Na verdade, esses prêmios aí já englobaram a temporada deste ano – se não inteira, pelo menos parcialmente – visível pela premiação da Alex Kingston por um episódio da quinta temporada e também pela premiação da Karen Gillan.

      Responder

  • Taís

    agosto 30, 2010 #4 Author

    Que legal, DW e Fringe, um que não gostei muito foi do Bernard Cribbins ganhar do John Noble, eu adoro Wilf e acho ele otimo ator mas eu amo o JN demais, ele é uma das poucas razões de eu ver Fringe ou pelo menos de eu começar a ver Fringe, pq a 2 temporada é bem melhor que a 1.
    E eu acho a Eve Myles melhor que a Karen Gillan, ai eu concordei.

    achei meio estranho a mistura dos especiais de 2009 e essa temporada de 2010 de DW.

    Responder

  • Bianca Cavani

    agosto 30, 2010 #5 Author

    Sobre DW, sei que um especial foi de Natal (portanto, 2009), mas o outro passou em 1o. de janeiro (portanto, 2010). Entretanto, Children of Earth havia passado em 2009…
    Quanto a esse negócio de premiação, entra em jogo uma série de fatores. Por exemplo, o lobby, a popularidade entre a população, quem está financiando, o país… Julgar quem foi o melhor ator em determinado ano é uma tarefa muito difícil, porque há muitos atores excepcionais. Acho o DT o melhor, mas confesso que nem conheço o trabalho dos outros que estavam competindo. Dessa forma, fico superfeliz com os prêmios de DW e Torchwood, mas sei que a minha torcida é algo parecido com torcida de futebol.

    Responder

    • Eddy

      agosto 30, 2010 #6 Author

      Não posso confirmar, mas acho que esses prêmios acontecem no fim de julho, então no período de julho do ano passado até julho deste ano, aconteceu Children of Earth, End of Time e a quinta temporada, fazendo com que todos estes pudessem ser englobados pelo prêmio deste ano.

      Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *