Segundo Steven Moffat e a assessoria de imprensa da BBC, a sexta temporada de Doctor Who deve ser dividida ao meio, com episódios no...

Segundo Steven Moffat e a assessoria de imprensa da BBC, a sexta temporada de Doctor Who deve ser dividida ao meio, com episódios no outono e na primavera.

A transmissão deve ser dividida em um ponto onde há reviravolta na trama, reviravolta esta que é o motivo por trás da decisão de dividir a série, feita pelos escritores a pedido do produtor Steven Moffat, que comentou sobre isto:

Uma série dividida é muito animadora, pois os espectadores receberão duas premieres, dois finales e mais episódios envolvendo eventos. Para as crianças, nunca passará de alguns meses separando novos episódios: páscoa, outono (primavera no Brasil), natal!

Fonte: Nebula One [News]

Update!

Em uma matéria divulgada pelo jornal Guardian, Steven Moffat diz que a série do próximo ano não pode ser considerada uma série dividida em duas, mas sim duas temporadas distintas:

Seria errado expressar que estamos dividindo-a em duas. Nós estamos fazendo duas temporadas distintas.

O que eu adoro sobre esta ideia é que, após as crianças verem a série ficar fora do ar após uma temporada, eles já estão notavelmente mais crescidos quando ela volta. É uma era para as crianças. Com uma série na páscoa, outra no outono e um especial de natal, nunca se passarão muitos meses entre uma série e outra.

Fonte: guardian.co.uk

Universo Who

Publicações feitas por colaboradores que em algum momento fizeram parte da história deste site desde 2009, mas que não mais fazem parte do projeto.

  • Taís

    agosto 29, 2010 #1 Author

    OMG, mas nem achei a noticia ruim, melhor do que nova temporada só no Outono, ai ia demorar demais, mas vamos ver se esse novo formato emplaca né? tem chances de sim e não.

    Responder

  • José

    agosto 29, 2010 #2 Author

    amo quando há um espaço maior entre episódios.
    Quando é tudo junto, temos três meses de DW (e é tudo de bom), mas quase um ano inteiro direto sem.
    antigamente não gostava daqueles “hiatos” nas séries, mas percebi a importância deles.
    “…e mais episódios envolvendo eventos.” será a mesma quantidade, mas com mais atenção à trama ou mais episódios em número? só isso que não ficou claro para mim.

    Responder

    • Eddy

      agosto 29, 2010 #3 Author

      A meu ver, são mais episódios (em número) voltados a datas especiais e eventos específicos, mas posso estar errado, na fala original também ficou meio ambíguo.

      Responder

  • Matheus Carvalho

    agosto 29, 2010 #4 Author

    Hmm…Interessante, mas fico na expectativa da temporada pra ver como será.

    Responder

  • Eddy

    agosto 29, 2010 #5 Author

    Um update: em uma matéria divulgada pelo jornal britânico Guardian, Steven Moffat diz que não podemos dizer que será uma temporada dividida em duas, mas sim duas temporadas distintas, detalhes adicionados ao post!

    Responder

  • Fabiana Simões

    agosto 29, 2010 #6 Author

    Gosto da idéia de intervalos menores de abstinência de Doctor Who. O que eu não gosto, na verdade, é pensar que vou sofrer por meses com um cliffhanger absurdo, como diz o Moffat segundo o Bloctor Who.

    “By splitting the series Moffat plans to give viewers one of the most exciting Doctor Who cliffhangers and plot twists ever, leaving them waiting, on the edge of their seats, until the autumn to find out what happens. “

    Responder

  • andreiawho

    agosto 29, 2010 #7 Author

    Ouvi nalgum lado que a 6ª temporada iria ter 3 companheiros: River, Amy e o terceiro não se sabe quem é, embora hajam algumas pistas: É alguém que já conhecemos, é do futuro, é do passado e é de outro planeta. (as minhas apostas vão para o Rory ou para o Capitão Jack).
    Dizia também que a Amy ia sair a meio da temporada, talvez sendo por isso que Moffat considera como sendo duas temporadas, em vez de uma só.

    Responder

    • Time Lady

      agosto 29, 2010 #8 Author

      Acredito que o terceiro seja o Rory.

      Responder

    • Taís

      agosto 29, 2010 #9 Author

      O cliffhanger pode também ser relacionado a River Song e não a saida de Amy/Rory, ou os os dois, hmm…

      Responder

  • Paty

    agosto 29, 2010 #10 Author

    Acho ótimo também! Mesmo que não tenha mais episódios nas temporadas, a série dividida vai ocupar mais tempo e sofreremos menos esperando. Super válido.

    Responder

  • GoncasCrazy

    agosto 29, 2010 #11 Author

    Será que o facto de haver duas temporadas no mesmo ano diminuirá o número de episódios por temporada?

    Espero que não 🙁

    Responder

    • Eddy

      agosto 29, 2010 #12 Author

      Pela web ainda se diz que será uma só temporada dividida em dois, por mais que Moffat diga o contrário.

      A primeira metade terá 7 episódios e a segunda terá 6, formando os 13 episódios por temporada usuais desde 2005.

      Responder

  • Jorge

    agosto 29, 2010 #13 Author

    O chato é que os produtores da série sempre falam como se ela fosse assistida só por crianças…

    Responder

  • Laís

    agosto 29, 2010 #14 Author

    BEEEEEm melhor. Odeio ficar um ano inteiro sem série. Tô quase morrendo de saudade de Glee… hahahahaha É bom que a abstinência fica mais controlada…

    Responder

  • Carol

    agosto 29, 2010 #15 Author

    Hm, gostei, principalmente pelo fato de diminiuir o tempo de espera. Mas isso quer dizer que haverá menos episódios, certo? 7 na primeira parte e 6 na segunda, constintuindo uma única temporada (parecido com o que houve com Glee, a propósito). Mas, já que ele disse que serão duas temporadas distintas isso me preocupa um pouco, porque em cerca de 7/6 episódios talvez não dê pra passarem e digerirmos direito os acontecimentos que serão juntados no season finale, então as coisas acontecerão 2x mais rápido. De qualquer forma, confio neles, acho que vai dar tudo certo independente do que for 😛

    Responder

  • Bianca Cavani

    agosto 29, 2010 #16 Author

    Estou achando ótimo essa forma como Moffat está levando DW: inovações (ora se não foi maravilhoso uma temporada cujos epis estavam estreitamente interligados, mas isso nós só vimos totalmente, como um presente-surpresa, no epi final!), histórias bem diferentes (Lord Dream, personagens da série clássica, reboot), e agora essa divisão em duas partes, para a gente não precisar fazer tratamento para dependentes!
    Kisses para Moffat!

    Responder

  • Sandro Sousa

    agosto 30, 2010 #17 Author

    Sim o terceiro companheiro não pode ser o Jack porque ele está a trabalhar nos Estados Unidos não é? Deve ser o Rory…

    Responder

  • Goncas Crazy

    setembro 3, 2010 #18 Author

    andreiawho :
    Ouvi nalgum lado que a 6ª temporada iria ter 3 companheiros: River, Amy e o terceiro não se sabe quem é, embora hajam algumas pistas: É alguém que já conhecemos, é do futuro, é do passado e é de outro planeta. (as minhas apostas vão para o Rory ou para o Capitão Jack).
    Dizia também que a Amy ia sair a meio da temporada, talvez sendo por isso que Moffat considera como sendo duas temporadas, em vez de uma só.

    Acho que todos concordamos que as duas hipóteses são Rory e Jack, certo?

    Vamos analisar: O Rory não é do passado nem do futuro, é do presente e bem terráqueo… O Jack é tudo isso mais vai estar na sua própria séria lá na Torchwood América ou lá como se chama…

    Mesmo assim acho que é o Rory porque não acho que le vá morrer “outra vez” no especial de Natal…

    Responder

    • Eddy

      setembro 3, 2010 #19 Author

      O Rory está listado como personagem principal no terceiro episódio, junto da Amy e do Doctor, na TARDIS Index File, então tudo leva a crer que ele é o terceiro companion sim.

      Responder

    • andreiawho

      setembro 3, 2010 #20 Author

      Embora:
      – se possa considerar que é do passado, porque ficou em 102 a.C, e viveu no passado
      – no futuro, talvez, tendo em conta a cena do “it’s you two!”
      – de outro planeta: antes do Big Bang 2, Rory era um duplicado Nestene, a.k.a, um Auton.

      Responder

      • Eddy

        setembro 3, 2010 #21 Author

        O Auton foi desfeito e nunca foi criado depois do Big Bang 2 que deu um reset no universo, os únicos que sabem da existência dele são o Doctor, a Amy, o Rory e a River Song.
        O mundo que existe agora é outro, não o mundo onde o Rory Auton ficou 2000 anos cuidando da Pandorica.

        Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *