Cinco anos depois de ter deixado Doctor Who depois de apenas uma temporada, Chistopher Eccleston, enquanto promovia Lennon Naked, biografia da BBC4 na qual...

Cinco anos depois de ter deixado Doctor Who depois de apenas uma temporada, Chistopher Eccleston, enquanto promovia Lennon Naked, biografia da BBC4 na qual ele interpreta John Lennon, disse em entrevita ao Radio Times:

Eu estava orgulhoso da série, mas não estava confortável trabalhando nela. Acho que é mais importante ser dono do meu prório nariz do que ter sucesso, então eu saí. Eu não gostava do ambiente e da cultura em que nós, produção e elenco, tínhamos que trabalhar. Eu estava com a mente aberta para continuar, mas depois da minha experiência durante a primeira temporada, decidi que eu não queria mais fazer. Eu pensei que, se eu continuar nesse emprego, eu vou ter que virar as costas para certas coisas que eu considerava erradas […] A coisa mais importante é que eu fiz, interpretei o Doutor, e não que me demiti depois […] Eu realmente acho que por ter quebrado um pouco o molde, ajudou a reinventar a série. Eu tenho muito orgulho.

Quanto ao comunicado à imprensa que a BBC publicou em março de 2005, ao anunciar a sua saída da série, dizendo que o ator tinha medo de ficar marcado como o personagem e que achava trabalhar na série extremamente difícil e cansativo, para depois dizer que tal comunicado era incorreto, e que não haviam falado com Eccleston antes de publicá-lo, ele diz:

Eles lidaram muito mal com isso, mas publicaram um pedido de desculpas e eu deixei passar.

Da BBC News

Universo Who

Publicações feitas por colaboradores que em algum momento fizeram parte da história deste site desde 2009, mas que não mais fazem parte do projeto.

  • loly

    junho 15, 2010 #1 Author

    bem… foi um pouco contorverso…. mesmo assim ate foi simpatico da parte dele tocar no assunto e mostrar seu ponto de vista…

    Responder

  • loly

    junho 15, 2010 #2 Author

    *controverso

    enganei-me XD

    Responder

  • Rahvin

    junho 15, 2010 #3 Author

    Alguem sabe sobre exatamente o que ele está falando?
    Adoro ele como o Doctor, pena que ele não estava se sentindo tão a vontade na série.

    Responder

  • Bianca Cavani

    junho 15, 2010 #4 Author

    Ou seja, ele brigou com Russell, não ia com a cara da Billie, achava os roteiros uma bobajada e não se enquadrava no esquemão da BBC… (Mas mesmo assim fez um Doctor maravilhoso.)
    Eu gostei muito dele, mas quer saber? Se ele não tivesse saído na primeira temporada, talvez o Tennant não tivesse ganhado o papel ou estivesse envolvido em outra coisa, e Tennant sim, para mim, foi o melhor Doctor ever, ever, ever! e EVER!

    Responder

  • Valter

    junho 15, 2010 #5 Author

    Acho que ele não se encaixava muito bem no papel do Doctor, =X David foi mais que perfeito,e o Matt tá sendo ótimo.

    Responder

  • Donna Noble

    junho 15, 2010 #6 Author

    revendo os eps, gostei mais da atuação do Eccleston do que na primeira vez que assisti. Pra mim, agora que estou assistindo a série clássica com o 4o doutor, ficou difícil pra todo mundo que veio depois fazer algo diferente. O Eccleston tinha personalidade própria, mostrou um lado mais sério do doutor, enquanto o Tennant chegou e fez um doutor mais “amável”, suavizado pela Rose… o Tennant é um fofo, mas acho que os dois têm valor. E quem falar que o Matt Smith é memorável…sei lá, viu? Acho que o cara que vier depois dele (se vier algum) deve ser mais no estilo “esquisito” Tennant e Eccleston do que um “gatão indie”. O Matt Smith chega a ficar apagado, na minha opinião. Pra mim, o grande destaque da 5a até agora é a companion Pond mesmo… queria que ela tivesse entrado ainda com o Tennant! ia ser uma coisa bacana de se ver…

    Responder

  • Bruno César

    junho 16, 2010 #7 Author

    Eccleston foi um Doctor bárbaro, porém, como todo ator, se preocupou com a carreira e procurou evitar o ‘typecasting’.

    Gostaria que ele tivesse continuado por pelo menos mais uma season…

    Responder

  • Theta SigmA

    junho 16, 2010 #8 Author

    http://www.youtube.com/watch?v=6VBjP8q13_8 Eis a verdadeira razão dele ter saído XDDDD

    Responder

  • Sandro Sousa

    junho 16, 2010 #9 Author

    sempre achei o eccleston demasiado sério para ser doctor mas vendo agora ate era um bom actor

    Responder

  • Marcelo

    junho 16, 2010 #10 Author

    A saída dele ainda continua mal explicada, pelo jeito que ela aconteceu até parece que ele decidiu de uma hora para outra.

    Ele falou mas não disse muito, apenas que alguma coisa ou coisas o incomodava. Como no futuro o caminho dele pode cruzar com alguém que trabalhou na série, ele não vai arriscar colocar o dedo na ferida.

    Quanto ao trabalho dele na série, eu sempre achei ótimo, ele cresce muito quando se assiste os episódios novamente, ele criou um Doutor muito diferente dos que vieram depois (parece que se baseou muito no 1° Doutor) e nem por isto menos genial, sempre fiquei curioso em saber até onde ele poderia levar o personagem, com certeza a continuação dele na série teria mudado o arco da Rose e talvez nem existiria a Martha

    Responder

  • luke

    junho 16, 2010 #11 Author

    Eu AINDA tava na esperança que ele voltasse para um especial.

    O facto de ele não estar à vontade e continuar FANTASTIC só prova o bom profissional que ele é/era, se ele se sentisse como o Tennant (fã desde criança) ele seria, SEM DUVIDA, superior ao Tennant.

    Mas se uma temporada tivesse 18 episódios seria bem melhor até para vermos o desenvolvimento do ator. até porque só no fim da season 2 é que comecei a gostar do Tennant

    Responder

  • HAL9000

    junho 16, 2010 #12 Author

    RRRRRRRATINHO!!! Heh! Heh! Heh!
    Roupa suja de cinco anos de idade!

    Responder

  • Laivindil

    junho 16, 2010 #13 Author

    Independente dos motivos que cada um tem pra sair, o mais importante é que os roteiristas saibam amarrar isso bem, pra não ficar forçado. E nesse caso deu tudo certo. Cada ator que interpretou o Dr. de 2005 até agora pegou o personagem em um momento emocional específico e fez da melhor forma possível. O Eccleston traumatizado pela Timewar fez um tipo mais sério e contid; O Tennant, depois da redenção, fez um tipo elétrico e descontrolado, quase aliviado por todo o peso que tirou das costas, para depois ficar um pouco amargurado depois de tantas perdas; e o Matt que faz um Dr. mais alien, mais distante da humanidade, depois de ter se envolvido tão profundamente com ela. É coerente dentro da trama, e traz novos ares pra única série que existe que pode se dar ao luxo de ser o que quiser, brincar com qualquer estilo, e que por isso mesmo pode durar pra sempre.

    Responder

  • Baruch Ramses

    junho 16, 2010 #14 Author

    Para quem entende inglês aqui tem um Doctor Who em audio .
    http://www.avaxhome.ws/ebooks/audiobook/1383320.html

    Ouvi e gostei . É meio diferente mas rola.

    Responder

  • Andreiah

    junho 16, 2010 #15 Author

    já saiu o introducing e um clipe do proximo episodiooooo! 😀

    Responder

  • Wonder Bruno

    julho 2, 2010 #17 Author

    Até uma beringela é melhor do q o David Tenant q todos idolatram….

    O Matt é fantastico .

    Acho que o Chris saiu pq não se identificou com a série . Isso acontece o tempo todo .

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *