Desde 1963, Doctor Who sempre foi interpretado por um homem. E a ex-viajante da TARDIS, Billie Piper, acredita que já é hora de uma... Billie Piper: é tempo de termos uma mulher como Doctor

170131CriticsCircleTheStage15

Desde 1963, Doctor Who sempre foi interpretado por um homem. E a ex-viajante da TARDIS, Billie Piper, acredita que já é hora de uma mulher ter uma chance no papel.

Após o anúncio de que o 12º Doutor, Peter Capaldi, deixará a série no final do ano, Piper disse que “seria desprezo” se o papel não fosse para uma mulher.

“Sempre apoiei o formato original, mas não sei onde eles podem ir a partir daqui”, disse ela à BBC.

“Acho que seria ótimo [ter uma Doutora] dado o espírito do mundo no momento. Acho que seria oportuno.”

Mas a mãe de duas crianças disse que ela assumir o papel é muita responsabilidade.

– Não sei – disse ela. “É muito trabalho, seria muito tempo em Cardiff [onde Doctor Who é filmado]”.

Piper deu essa entrevista no Critics’ Circle Theatre Awards em Londres, onde ganhou o prêmio de melhor atriz por seu papel na peça Yerma em Young Vic de Londres.

Piper, que interpreta uma jovem mulher levada ao extremo por seu desejo de ter um filho, vai repetir o seu papel no mesmo teatro em julho e agosto.

Capaldi, que interpreta o 12º Doutor, voltará para uma nova série do programa em abril, com seu último episódio no Natal.

Sua despedida da série também marca a saída do escritor principal e produtor executivo Steven Moffat, que abriu o caminho para uma Doutora ao introduzir Michelle Gomez como Missy, uma encarnação  feminina do Senhor do Tempo e inimigo do Doutor, o Mestre (The Master).

Vários ex-atores de Doctor Who já expressaram seu apoio a uma Doutora. Matt Smith pensa que uma Doutora “pode estar perto“, enquanto Catherine Tate previu que isso vai acontecer um dia e Jenna Coleman disse: “Não há absolutamente nenhuma razão para isso não acontecer.”

Favoritos para o próximo Time Lord são a estrela de James Bond,  Ben Whishaw e o ex-IT Crowd, Richard Ayoade. Mas Olivia Colman, que trabalha com o novo escritor chefe de Doctor Who, Chris Chibnall, em Broadchurch, também é uma escolha popular entre os fãs.

A última série de Peter Capaldi como Doutor estréia no sábado 15 de abril na BBC One.

Fontes [1] [2]

Jéssica Laíse

Uma guria viciada em seriados, esportes e música. Nasci em 23/11/1991, coincidência? Moro no interior de São Paulo, mas vivo sonhando com as terras dos pampas gaúcho.

  • F.B Cavalcante

    fevereiro 4, 2017 #1 Author

    Creio que o ator/atriz será alguém pouco conhecido/a na mídia Internacional, realmente acho que seria interessante ter pelos menos uma Doutora na série.

    Responder

  • Bruno

    fevereiro 4, 2017 #2 Author

    Acho nada a ver dizer que seria descaso, mas não vejo problema em um Doctor mulher (já aproveitaram para criar essa possibilidade com o Master). Só não acho que deveria ser a Billier Piper, por mais que eu goste da atriz e da Rose, acho que ficaria estranho vê-la como Doctor.

    Mas além de uma Doctor, também falta ter um Doctor negro, embora eu reforce que nada disso é obrigatório, se a série quiser continuar 100 anos com homens brancos vai ser ok, se quiser colocar só mulheres negras a partir de agora, vai ser ok também, desde que as histórias não fiquem ruins.

    Responder

  • Gabriel Libarino

    fevereiro 5, 2017 #3 Author

    acho que dessa vez a possibilidade disso acontecer é enorme. Fico curioso, seria legal ver como funcionaria a dinâmica de uma doutora e companions

    Responder

  • Maníaco por Doctor Who

    fevereiro 8, 2017 #4 Author

    Na minha opinião uma doutora não ia ser
    Nada mal, mais ainda prefiro o doutor sendo interpretado por um homem. Não é preconceito é minha opinião…

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *