Alex Kingston admitiu que ela iria contra a ideia de um Doctor feminino na série. Ela disse à imprensa que não consegue imaginar nosso...

12341587_984323691626325_7203748995171445574_n (1)

Alex Kingston admitiu que ela iria contra a ideia de um Doctor feminino na série. Ela disse à imprensa que não consegue imaginar nosso Senhor do Tempo se tornando uma Senhora do Tempo.

“É difícil – eu imaginaria, mais que tudo, o próximo Doctor sendo de outra raça do que gênero,” ela disse. ​”Eu, pessoalmente, não consigo imaginar o Doctor sendo de um gênero diferente. Eu apenas acho que muitos homens já interpretaram o papel.” Ela ainda disse que, historicamente, Doctor Who é tratado como uma série de meninos.

“As mulheres irão me odiar por isso! [risos] Mas acho que o Doctor tem que ser um homem, mesmo. Mas acho que seria muito interessante para a River se se tornasse uma mulher!”

River retornará no Especial de Natal deste ano, The Husbands of River Song, e contracenará com Peter Capaldi pela primeira vez.

Assista ao trailer da BBC One para o Natal de 2015 – junto com trechos de Doctor Who:

 

 

 

Fonte: Digital Spy

Camila Cetrone

  • Tantariel

    dezembro 11, 2015 #1 Author

    Mudar de sexo é de menos, diretamente não vejo como algo estranho e fora do contexto, mas o impacto seria no todo o restante, a dinâmica seria trocada, as companions tenderiam a ter outra dinâmica e até mesmo ser bem diferentes.
    Agora a mudança de etnia seria algo mais simples, acredito que o próximo Doctor deveria ser um indiano ou descendente de indiano, até por homenagem ao primeiro diretor do Doctor Who nos anos 60.

    Responder

    • jonathan

      dezembro 11, 2015 #2 Author

      Seria legal um Doctor negro 😉

      Responder

    • Henrique

      dezembro 17, 2015 #3 Author

      Concordo acho que a proimo doutor deveria se negro ou até mesmo um ator indiano kkkkk mas só seria um pequeno problema para os roteiristas criarem historias que se passasem na idade media ou no tempo da escrividão mas nao que seja racista é que isso seria um problema imagina o doctor pousa a tardis no EUA em 1800 obvio que se fosse negro ele seria capturado como escravo, mas o doctor é time lord nao humano entao isso nao seria um problema se as futuras historias se passase no futuro ou espaço

      Responder

      • Matheus Carvalho

        dezembro 17, 2015 #4 Author

        Isso seria não um problema, mas um recurso interessante pra história, não acha?

        Responder

      • Riddle Snowcraft

        dezembro 20, 2015 #5 Author

        O Doutor sobreviveu guerras, raças genocidas cheias de ódio, todo tipo de catastrofe radioativa.
        Você acha que RACISMO vai parar ele? ehauheauheauheuhahueahueauhea
        nem a Martha teve esse problema direito!

        Responder

  • Filipe Gonçalves Dowsley Fernandes

    dezembro 11, 2015 #6 Author

    Já teve dois Senhores do Tempo que trocaram de sexo, acho que a ideia eh justamente preparar o público pra isso. Tenho quase certeza que a próxima regeneração vai trazer um mulher no papel de Doctor.

    Responder

  • Katherine tarques

    dezembro 11, 2015 #7 Author

    Também não gostaria acho que isso está fora de guestão, o doctor sempre foi homem e do nada vira mulher? NÃO
    Sem fala que iria fica muito na cara já que o Master também mudou de sexo

    Responder

  • Alexandre

    dezembro 11, 2015 #8 Author

    Claramente a atuação de Missy como Master ficou sensacional, o conceito de Time Lords mudarem de gênero existe desde os tempos de Tom Baker, ainda sim não gostaria que o doutor mudasse de sexo, não que eu tenha algo contra tal mudança, se acontecesse continuaria assistindo a serie, porem, acredito que a identidade masculina tomada pelo doutor desde os tempos de Willian Hartnell, sua mudança causaria um impacto muito grande nos fãs, a dinâmica doutor homem e companion mulher funciona já a 52 anos e mudar isso não traria um bom rumo a série. Basta pensar como Hartnell se sentiria ao ver que a personagem que tanto se esforçou para construir, mudasse de sexo.

    Responder

    • Luciene

      dezembro 17, 2015 #9 Author

      Excelente seu comentário!

      Responder

      • Henrique

        dezembro 17, 2015 #10 Author

        Concordo acho que se o docto nao virou mulher ate agr não deve mudar mais sem contar o estranhamento imagina uma mulher e a river song?Seria um casal lesbico bem estranho mais que a vastra e a jenny

        Responder

      • Riddle Snowcraft

        dezembro 20, 2015 #11 Author

        Henrique, desconstrua sua homofobia.

        Responder

      • Danilo do Amaral Mendes de Queiroz

        dezembro 20, 2015 #12 Author

        Realmente gostaria de saber, já que tem essa possibilidade de troca de sexo, como ocorrem os casamentos entre Senhores do Tempo?

        Responder

    • Joaquim

      janeiro 29, 2016 #13 Author

      Cara concorde plenamente com você. e também acho que o Tom Baker deveria dar a opinião dele sobre essas polemicas de doctor feminino, (digo Tom baker porque ele é o doctor mais antigo vivo, se o Hartnell tivesse vivo ele também deveria falar sobre isso, afinal ele foi o primeiro)

      Responder

      • Gabriella Lemos

        fevereiro 4, 2016 #14 Author

        o Tom já tinha se manifestado a favor senão me engano…
        Outro que apoiou a ideia foi o Nicholas Courtney (o Brigadeiro) =D

        Responder

  • Riddle Snowcraft

    dezembro 12, 2015 #15 Author

    “A mudança ia ser muito grande” não é argumento, experimentaram atores jovens num papel que antes só tinham atores mais velhos e funcionou. Experimentaram atores escoceses quando só tinham atores londrinos e funcionou.
    Não vai mudar dinamica nenhuma, Alexandre, seu comentário foi machista, pra não dizer transfóbico.

    Responder

    • Morcos

      dezembro 12, 2015 #16 Author

      Assino embaixo. Falou tudo.

      Responder

    • Raphael

      dezembro 19, 2015 #17 Author

      Não acho que seja necessário mudar o sexo do Doctor, por mim ele continuar sendo homem está bem, já é uma coisa do personagem, não acho que haja necessidade mudar isso pra gerar impacto

      Responder

    • Jessie Satine

      dezembro 20, 2015 #19 Author

      Agora não querer a mudança de sexo de um personagem naturalmente torna alguém machista e transfóbico? Um momento, não foi machista ou transfóbico. Primeiro que não foi transfóbico pois não incitou nenhum ódio às pessoas trans. Não há o que se discutir aqui. A questão apresentada é apenas relacionada a um personagem que já é há 52 anos homem. Mesmo que fizessem uma personagem feminina, todas as conquistas seriam apregoadas ao homem, não obstante. A mudança de sexo apenas serviria como chamativo. E dizer que não mudaria dinâmica nenhuma é reduzir a série a apenas reações e situações, quando a própria personalidade de qualquer personagem pode ser extraída e produzida pelo seu sexo. Outra coisa que não achei legal foi mexerem na sexualidade do Doutor. Ele deveria manter-se assexual/neutro e apenas na posição de “pai/avô” quando necessário. A neutralidade era o charme do personagem frente a tantos outros.

      Minha solução para essa situação? Criar uma companheira time lord tão ou mais louca que o próprio Doutor e mudar o foco narrativo entre ele e ela, ou, se não fazer mais personagens femininas (e boas, não “Moffat-like”).

      No mais, que todos tenham um bom dia.

      Responder

      • Tantariel

        dezembro 20, 2015 #20 Author

        Porque criar?
        É só trazer a Romana de volta (com direito a regeneração), o que resolveria mais uma coisa na série moderna, até agora só apareceu companheiros humanos na série moderna, variar isso também seria algo positivo.

        Responder

  • Edson

    dezembro 12, 2015 #21 Author

    O impacto seria agradável, uma personalidade excêntrica, mesmo feminina, seria de longe uma ótima aposta… para as telas, mas talvez não para o público. Mesmo que a mudança seja satisfatória para o Doctor, e a série tenha feito uma preparação boa com o público (inclusive nos episódios onde a Clara se sobressaía, brincando de Doutora) a mudança no resto da dinâmica seria uma manobra perigosa. O contexto das compannions, a ideia do nome “Doctor”…

    Pode ser uma mudança incrível, pode fazer a série subir em conceitos que nunca arranhou, mas é muito arriscado. Aliás, uma excentricidade toda nova precisaria ser criada, uma feminina, com características próprias – a maior mudança de personalidade do Doutor de todos os tempos? Sem dúvida.

    Responder

  • Rene Jr

    dezembro 12, 2015 #22 Author

    Quero uma Doutora mulher, sim !!!

    E um doutor negão também!

    *_*

    Responder

  • Filipe Gonçalves Dowsley Fernandes

    dezembro 12, 2015 #23 Author

    Um doutor norte-americano também poderia gerar umas boas piadas.

    Responder

    • Matheus Carvalho

      dezembro 13, 2015 #24 Author

      Pra que tirar o charme do sotaque? E mais um personagem americano no mundo do entretenimento é chover no molhado. hahaha

      Responder

    • Henrique

      dezembro 17, 2015 #26 Author

      olha um americano mas desde que tenha nacionalidade britanica, pois se fosse sei lá o adam sendler ia estraga a serie

      Responder

      • Jessie Satine

        dezembro 27, 2015 #27 Author

        Não faz sentido visto que a série é britânica. Sem querer ser desagradável, mas basta de americanismos por todo o canto. Por mais que Doctor Who seja uma série de ficção e que não tenha barreiras culturais, ainda tem sede na Grã-Bretanha e representa parte da cultura de lá. Eles podem variar entre escoceses, ingleses, galeses e irlandeses, mas logo americano? Isso seria renegar o chão cultural deles

        Responder

  • Thais

    dezembro 12, 2015 #28 Author

    ahhh!!Depois da regeneração do Tennant para o Smith(I’m a girl!) eu sempre imaginei que o Doctor poderia ser um mulher.Pelo menos vamos esperar que aparece um Doctor ruivo rsrs

    Responder

  • Lohanna Aires

    dezembro 12, 2015 #29 Author

    Como alguém ainda não consegue imaginar o Doctor se tornando mulher? Medo sem fundamento esse de que uma mulher pode estragar a personagem. Todos viram que a Missy não deixou de ser o Master em momento algum, inclusive as loucuras dela foram muito mais bem boladas e os pensamentos muito mais inteligentes e seguros. A Missy foi foda, somente. E o Doctor que é o Doctor? Tentem imaginar ele como uma mulher sem os esteriótipos que nos impõem, lembrem da Missy e das companions que correm por aí com ele ajudando a resolver um monte de hard problems.

    Responder

    • Joaquim

      janeiro 29, 2016 #30 Author

      sorry, nada contra a missy, mas ela mais parecia uma namoradinha do doctor do que uma arque inimiga de verdade. deu certo mas o master homen foi bem melhor

      Responder

  • Rodrigo

    dezembro 12, 2015 #32 Author

    Esse tipo de mudança geraria uma terceira onda de fãs. Atualmente muito se divide entre os nostálgicos do “Classic Who” e dos fãs do “New Who”. Um Doutor mulher criaria uma terceira leva de fãs, e assim como o “New Who” perderia uma certa quantidade dos antigos.

    Particularmente não sou fã da mudança, sou contra mudar muito personagens já estabelecidos, Marvel e DC por exemplo, deveriam parar de mexer com franquias estabelecidas e começar a por a cabecinha deles pra pensar em novas. Sendo assim, sou a favor da criação de NOVOS personagens com o propósito de trazer novidades. Mas no caso de Doctor Who, esse argumento é falho, pois o personagem principal muda constantemente. Logo, a mudança de certa forma poderia render bons frutos tendo em vista a natureza da franquia. Ainda assim, acho que geraria inicialmente um grande caos na fanbase, e precisaria ser muito bem trabalhada essa mudança, que diga-se de passagem é bem maior que a de idade, por mais que os politicamente corretos queiram dizer que não.

    No final das contas, ainda sou cético e concordo com a Alex Kingston, o Doutor é homem e ponto. Se ele virar mulher, continuarei vendo a série, mas ela não será mais o Doutor do Universo primário, encararei como uma versão alternativa dele.

    Responder

  • Alexei Dimitri Diniz Campos

    dezembro 13, 2015 #33 Author

    Não vejo problemas na mudança de sexo do Doutor.

    Lembrando que em inglês não se usa diferenciação de sexo para a maioria das palavras, logo, quem sempre usa o termo “The Doctor” estaria mais próximo da realidade.

    Outra coisa, a série possui vários trocadilhos, como “The Time of The Doctor”. Porque eles não poderiam simplesmente utilizar um termo uniforme como “The Doctor” para simbolizar tanto um homem quanto uma mulher?

    Outra coisa, o Doutor sempre foi homem porque ele foi criado em uma sociedade mais conservadora (tanto o fato do UK ser conservador quanto ser criado na década de 60) e como os tempos estão mudando, colocar uma mulher no papel é questão de tempo.

    Quem disse que o Doutor como Mulher teria Companions Mulheres? Ele poderia ter Companions Homens, o que manteria a simetria. Já que diversas Companions deram em cima dele e ele não correspondeu, ocorrer o inverso não vai ser inesperado (mesmo porque é mais fácil para uma sociedade conservadora ver uma mulher rejeitar um homem do que o contrário).

    River Song não poderia mudar de sexo, porque na Season 4, “Silence in the Library” ela está em sua última faceta. Como não creio que seja “permitido” para um Time Lord voltar a alguma regeneração anterior que não a última, ela não se regenerou depois do casamento com o Doutor. Seria uma premissa importante para que os telespectadores não fiquem pedindo a volta de doutores passados.

    Da mesma forma que as mulheres acharam alguns Doutores atraentes, porque os homens não podem ter o prazer de ver uma mulher atraente no papel do Doutor (o mesmo para Companions)?

    Talvez como mulher ele mostra a sensatez que ele sempre buscou com as Companions, reforçando a ideia de um Companion homem para que The Doctor tenha alguém efervescente para continuar explorando o Universo.

    Para finalizar, durante o encontro com a Misse, ele mesmo mostrou a possibilidade de poder se regenerar mulher (aparentemente ele não sabia disso e essa seria uma resposta para o motivo dele não ter se regenerado como mulher ainda). Logo, para manter a simetria Mistress/The Doctor, ele precisaria se regenerar como mulher.

    Responder

  • JOSE MATOS

    dezembro 13, 2015 #34 Author

    O POLOTICAMENTE CORRETO VAI ESTRAGAR ESSA SERIE LOGO VAO QUERER UM DOUTOR GAY.

    Responder

    • Matheus Carvalho

      dezembro 13, 2015 #35 Author

      Desde quando o Doctor tem sua sexualidade definida na série? Sua visão tacanha te fez jogar isso aqui sem nem pensar sobre a questão. Você parece ser incapaz de distinguir gênero de sexualidade, de não partir pro grito.

      Outros comentários de mesmo teor discriminatório e odioso foram feitos nesta postagem, mas apenas este será aprovado, como exemplo. O Universo Who não compactua com este tipo de mentalidade pequena, ao invés disso, tentamos ver em Doctor Who indícios de reconhecimento da pluralidade humana. Capitão Jack Harkness, Jenny, Vastra e outros são exemplo.

      Responder

      • Riddle Snowcraft

        dezembro 13, 2015 #36 Author

        O Doutor já tascou beijo até em zygon com veneno na lingua e o cara preocupado q ele vai beijar outro rapaz hueahuehuauheahueuhauheauhuhea
        (ps: não julgo nenhum. talvez só um pouquinho o zygon.)

        Responder

      • jose matos

        dezembro 13, 2015 #37 Author

        e quanto a neta dele ?

        Responder

    • b0ss

      dezembro 25, 2015 #39 Author

      Ué o 11th era bissexual e não teve problema

      Responder

  • Lucas

    dezembro 13, 2015 #42 Author

    Quem apoia Idris Elba como próximo Doutor?

    Responder

    • Matheus Carvalho

      dezembro 13, 2015 #43 Author

      Olha, se não preferisse ele como 007, super apoiava. hahaha

      Responder

    • Luciene

      dezembro 17, 2015 #44 Author

      Seria bm legal, agora Doctor como mulher… desculpa, mas não dá! Concordo com Alex Klington.

      Responder

      • Riddle Snowcraft

        dezembro 17, 2015 #45 Author

        Algum motivo em especial pelo qual você erroneamente acha que não dá?

        Responder

  • Thaïs

    dezembro 14, 2015 #46 Author

    Achei os argumentos dela bem fracos, é mais uma questão de gosto. Acho que seria bem interessante ter uma Doctor, gostaria muito de ver.

    Responder

  • Ludwig

    dezembro 19, 2015 #47 Author

    Eu acho muito boa a ideia de uma Doctor, seria legal se ela fosse uma personagem forte como a Annalise de How to get away with muder.

    Responder

  • Ludwig

    dezembro 19, 2015 #48 Author

    e qual é o problema do Doctor ganhar peitos e uma vagina, ela deixa de ser o Doctor? qual é o grande problema da mudança de sexo? um sexo não tem mais ou menos importancia que outro, somos todos seres humanos (senhor/a do tempo no caso) é isso que importa.

    Responder

  • Vanessa

    dezembro 19, 2015 #49 Author

    Interessante, a Alex disse que o Doctor foi interpretado por muitos homens e em Hell Bent, quando o General regenerou em uma mulher negra ela disse que aquela foi a única vez que ela havia sido um homem. Eu pessoalmente adoro a ideia de um Doctor mulher seria completamente normal para o Doctor, ele é um Time Lord. Não acho que a dinâmica entre Doctor/companion seria tão diferente assim, os escritores que decidiriam se a dinâmica permaneceria igual ou não, acredito que o gênero do Doctor não influenciaria na dinâmica a não ser que os escritores queiram, na verdade consigo imaginar perfeitamente a dinâmica entre um Doctor mulher e um companion seja ele masculino ou feminino.

    Responder

  • Juan

    dezembro 24, 2015 #50 Author

    Q?Como assim?
    O próximo doctor deve ser uma RUIVA.

    Responder

  • Mila

    janeiro 9, 2016 #51 Author

    Star Wars apostou numa mulher como protagonista, e deu super certo.
    Marvel apostou em um seriado que a protagonista é uma mulher muito forte e poderosa. – Jessica Jones
    Em diversos seriados estão colocando personagens femininas de peso.
    Pq Doctor Who não pode?
    Eu adoraria ver uma mulher como Doctor, seria uma personagem de peso.

    Responder

    • Joaquim

      janeiro 29, 2016 #52 Author

      A Ray é a protagonista do Star Wars mas é um dos personagens mais sem graça, deu certo porque o filme é bom e não porque ela é a protagonista. basicamente o han solo foi o personagem que carregava o enredo nas costas.

      Responder

  • Beatriz

    janeiro 22, 2016 #54 Author

    Um Doctor mulher talvez ficasse bom, mas é difícil imaginar. Não é nem uma questão de gênero/sexo, mas uma mulher pensa de modo diferente de um homem – nenhum superior ao outro, claro. Logo, a personalidade do Doctor ia ou mudar bastante ou ficar confusa. A não ser que a BBC planeje um character development do cão, um Doctor feminino ficaria meio louco demais. Além disso, o Master ter se tornado Missy deixaria essa regeneração meio manjada. Mas o que resta agora é esperar. Se o que der na cabeça dos produtores ficar bom na tela, tá ótimo.

    Responder

  • #Hashtag #Dc

    janeiro 23, 2016 #55 Author

    Olha, gente, eu estava lendo alguns comentários deste post e notei algumas situações polêmicas aqui presente, e na minha opinião, que vocês não precisam aceitar ou concordar, mas apenas respeitar, eu acho que o politicamente correto está tirando a essência familiar que a série tem. Doctor Who tem que respeitar todos os gêneros, todas as idades, e tudo mais, ceto? E eu acho que esse “tudo” inclui também a família tradicional.
    #SóAcho…

    Responder

  • Danilo do Amaral Mendes de Queiroz

    fevereiro 3, 2016 #56 Author

    Eu concordo com River é cedo demais para isso, acho que talvez o 20º ou o 21º Doctor quem sabe mais o 13º, melhor não

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *