Muito especulou-se quanto à exibição de Doctor Who nos cinemas brasileiros, até que um belo dia, após meses de negociação com a BBC, a...

1455112_763699610314094_1797749248_n
 Muito especulou-se quanto à exibição de Doctor Who nos cinemas brasileiros, até que um belo dia, após meses de negociação com a BBC, a Cinemark anunciou que exibiria o especial de 50 anos nas telonas tupiniquins. O problema…a exibição se restringia a 2 salas em São Paulo, 1 no Rj e outra em Porto Alegre. A partir daí, os maiores fansites, em contato constante com a BBC uniram-se em torno de um denominador comum, a conquista de mais salas e mais cidades com exibição! Foi com muita insistência e encheção de saco (pra que todos twittasem e rettwitassem) que conseguimos juntos, sites, fãs, grupos, que no fim das contas não só tivéssemos muito mais quase 80 salas com exibição simultânea, mas outras sessões, como no dia seguinte pela manhã ou até semana seguinte adentro!

Pensando nisso, decidi, ao invés de fazer um relato da minha experiência da exibição, que seria longo e desinteressante, coletar mini-relatos de 4 lugares das mais diversas regiões do país para que vocês mesmos possam concluir o quão grande e bonito foi esse 23 de Novembro de 2013. Ah! Também fiz um relato meu sobre o Whovianic que realizamos no Ibirapuera, no dia 01/12!

 

Planetário“O evento no planetário foi interessante. Pessoas de todas as idades ocuparam os corredores aguardando o momento de entrar e assistir sua série preferida. Ao entrar fomos recebidos pelos moderadores que fizeram um quiz antes da exibição. Nos intervalos houve apresentações de novidades da série, perguntas e até um concurso de Cosplays. Ganhamos brindes personalizados com a marca do fã clube e nos divertimos muito.”

Recife“Sabe aquela sensação de entrar em um novo mundo? Foi bem assim no dia 23, pessoas, histórias, mundos, sonhos e sentimentos…. Vi pessoas orgulhosas, felizes, unidas. Um fandom unido e presente. Que para o Doutor foi um ótimo presente. (Duas salas de cinema lotadas não é pra qualquer um não!)”

 

Santos“Nunca pensei que Santos tivesse tantos Whovians, aliás, nunca pensei que tivesse algum que não eu… Ninguém marcou nada como pré-evento, mas parece que coração Whovian reconhece outro. Não deu 5 minutos na frente do cinema e uma aglomeração de pessoas-que-nunca-se-viram-na-vida-e-são-amigos-de-infância começou. Era screwdriver pra lá, fez voando pra cá e até um braço de manequim entre quem esperava o especial. Santos agora não é só uma cidade, é mais um antro Whovian nesse Brasil.”

 Goiania“A fila na porta do cinema já estava grande umas duas horas antes do especial. Pessoal foi de cosplay, praticamente todos compraram máscaras que um dos membros do Whovians GO tinha feito. Quando liberaram a sala, todos foram animados e ansiosos. O pessoal do cinema fotografou e filmou, pareciam animados conosco. Durante o especial a reação da plateia às cenas, falas e aparições foi incrível. O cinema pareceu deixar Doctor Who ainda mais mágico. Espero que não tenhamos de esperar até 2063 para ter isso de novo.”

11161981395_802c3a3e6d_o (1)

Não é a primeira vez que faço um piquenique Whovian em terras que não as minhas, e esse Whovianic serviu muito bem para me provar porque o faço. O evento em si era “Levem algo e allons-y!”. Cerca de 60 pessoas compareceram à Cobertura do Museu Afro do Ibirapuera – local marcado em caso de qualquer aparição de chuva – e foi fantástico! Senti-me completamente realizado em ver tanta gente nova para mim, alguns outros velhos que jamais conhecera e a mistura de tudo aquilo: um encontro de gente muito diferente entre si, mas com muito em comum. Espero eu que dali muitas amizades surjam, outras se fortaleçam e que tenham aproveitado o dia tanto quanto eu!

Tivemos quiz e entrega de brindes, mas isso ficou em segundo plano, se contrastado com a empolgação e o clima totalmente descontraído, que pude notar tentando ir de rodinha em rodinha de conversa. Demora, mas outro desses sai! Muito obrigado a todos que foram e, acreditem, me deram um novo gás pra esse fandom e me lembraram que conhecer whovians é sempre MUITO, mas MUITO bom.

 

 

 

Universo Who

Publicações feitas por colaboradores que em algum momento fizeram parte da história deste site desde 2009, mas que não mais fazem parte do projeto.

  • Samuel Simei

    dezembro 8, 2013 #1 Author

    Eu adorei o fato de aqui na Baixada Santista ter Whovians o suficiente para conseguirem fazer o especial vir para o Cinemark de Santos, parabéns para todo mundo! 🙂

    Responder

    • Ana Lieuthier

      dezembro 8, 2013 #2 Author

      Samuel, sou de PG e só não fui porque comprei online ingresso para o Santa Cruz. Fico extremamente feliz em saber que há Whovians “pé na areia”. =)

      Responder

  • Ed

    dezembro 8, 2013 #3 Author

    Assisti o especial junto com meu irmão caçula no Shopping Cidade Jardim, em São Paulo. Infelizmente por causa das poucas salas de exibição, tive que optar por um cinema muito longe de casa.
    No dia foi uma verdadeira aventura chegar até o local: enfrentamos chuva, várias integrações em transporte público e uma série de outras adversidades em uma verdadeira corrida contra o tempo atravessando praticamente toda a cidade. Chegamos em cima da hora, à tempo de pegar o Strax dando conselhos e falando sobre pipocas. Muito divertido! Depois, o décimo primeiro doctor falando sobre o 12D e uma saudosa brincadeira entre Tennant e Matt. Foi incrível! O cinema estava lotado e ainda chegava gente mesmo após a metade do episódio. Não sabia que havia tanto whovians assim. E o episódio foi fantástico! Valeu cada esforço que realizamos tanto para chegar ao cinema, quanto para voltarmos para casa. Chegamos recompensados e recebidos como dois “Mad Mans” por nossos parentes que não conseguiam entender o porquê de toda essa loucura, da qual não nos arrependemos nenhum pouco.
    Mas me arrependo de não ter conseguido ir ao Whovianic do Parque do Ibirapuera, pois estava cheio de trabalhos e relatórios da faculdade para terminar até o dia seguinte. Acredito que foi incrível e não vejo a hora de poder comparecer em um próximo evento desse. Vamos lutar pela divulgação da série aqui no Brasil, para que em um próximo especial (e não precisa ser daqui a 50 anos) possamos ter maior facilidade para prestigiá-lo. Obrigado Universo Who e a todos os fãs que lutaram pela exibição do especial aqui no Brasil.

    Responder

  • Ana Lieuthier

    dezembro 8, 2013 #4 Author

    Ao que parece, a história se repete. No Santa Cruz tudo também foi ótimo, gente chegando cedo, trocando histórias e se divertindo a valer. Até arrisquei no quiz, mesmo sabendo que iria apanhar feio se caísse perguntas mais “clássicas”. E a experiência cinematográfica, em si, foi mais incrível ainda.
    Sou trekker desde que me conheço de gente, e sem desmerecer esse meu amor antigo, não me lembro de qualquer evento de ST com tanta gente simplesmente sincronizada como no dia 23/11. Rimos juntos, fizemos “Oh!” juntos, choramos juntos. Com certeza, vou guardar esse dia no coração, com muuuito carinho.

    Responder

  • Amanda Velloso

    dezembro 8, 2013 #5 Author

    Ah, mas que emoção me ver no Universo Who haha Sim, o “evento” em Santos foi bem assim mesmo: Ninguém se conhecia, mas era só aparecer um fez lá do outro lado do corredor que já começavam os gritos, os “GERONIMO”, “ALLONS-Y”, “FANTASTIC”…Teve até a galera que levou Jelly Babies pra compartilhar <3 O melhor de tudo foi ver a quantidade de gente fazendo cosplay, 11s, 10s, 9s, TARDISes e até o Universo haha Quanto a história do braço de manequim, tive que devolvê-lo na segunda, mas morro de saudades :c Quero meu braço de manequim de volta :'c hehe

    Responder

  • Andre G

    dezembro 9, 2013 #6 Author

    Matheus, muito boa cobertura e matéria.

    Pode dar uma olhada nos seus emails que acho que minha mensagem entrou na sua caixa de spams?

    Abraço.

    Andre Guerreiro

    Responder

  • Jefferson M

    dezembro 9, 2013 #8 Author

    O que mais me impressiona é o fato de haver tantos fãs pelo país todo, the doctor quebrando todas as barreiras do espaço e tempo, espero que essa viagem dure por mais algum tempo.
    ALLONS-Y e GERÔNIMOOOOOOOO.

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *