A última edição da revista britânica Doctor Who Magazine (DWM), Nº. 511, contém citações e alguns novos detalhes das histórias dos três primeiros episódios da... [10ª Temporada] DWM revela detalhes dos 3 primeiros episódios

C8pwmkDXgAEWtf6

A última edição da revista britânica Doctor Who Magazine (DWM), Nº. 511, contém citações e alguns novos detalhes das histórias dos três primeiros episódios da 10ª temporada de Doctor Who – e nós, do Universo Who, traduzimos para você:

Episódio 1: “The Pilot”

Imagine se o tempo acontecesse todo de uma vez. Cada momento da sua vida disposto ao seu redor, como se fosse uma cidade. Ruas cheias de prédios feitos de dias. O dia em que você nasceu; o dia em que você morre. O dia em que você se apaixona; o dia em que o amor acaba. Uma cidade inteira construída de tristeza, e triunfo, e tédio, e risadas, e corte de unhas. O melhor lugar em que você poderia estar. Tempo é uma estrutura relativa para nós mesmos, existente no espaço criado pelas nossas vidas. Tempo e Dimensão Relativa no Espaço. Isso significa vida.

Doctor-Who-Series-10-Teaser-Coming-soon-8

Para quem gosta de referências e é nostálgico, a sinopse acima já traz à memória o episódio 13 da 6ª temporada, “The Wedding of River Song” (também escrito por Steven Moffat), quando toda a história da humanidade acontece de uma única vez. Naquela história, um ponto fixo do tempo havia sido quebrado, e o tempo inteiro havia congelado em um único segundo. Porém, dessa vez, a sinopse dá a entender que possa haver uma cidade, em que cada momento da vida de uma pessoa está separado por seções, como um tour turístico.

Será isso mesmo? E se for, você teria coragem de fazer uma turnê pelo seu próprio futuro ou isso quebraria algumas leis proibidas dos Senhores do Tempo? Deixe seu comentário.

d2

A propósito, a citação menciona o nome da TARDIS (“Tempo e Dimensão Relativa no Espaço”, do inglês Time And Relative Dimensions In Space”), com uma leve variação de plural para singular. Em seguida, diz que isso significa “vida”.

Será que a cápsula do tempo mais insana da série tem algo a ver com toda essa confusão de tempo em um único lugar?

Episódio 2: “Smile”

Em poucas palavras: O Doutor leva Bill para o planeta-colônia Gliese 581 D. É um mundo brilhante e ensolarado, querido pelos pequenos pássaros Vardies e sua interface de usuário – os Emojibots. Só falta uma coisa: os colonos. À medida que o Doutor e Bill investigam, eles descobrem que permanecer sorrindo é a única esperança de continuarem vivos…

Series-10-Trailer-2017-31

Pelo visto, Doctor Who vai manter o padrão de inimigos com quem não se pode argumentar muito… Os novos Emojibots provavelmente serão intolerantes a quem não continuar sorrindo o tempo todo – e provavelmente foram eles quem deram um sumiço nos colonos…

C7EdQgoXkAATpm_

Esse tipo de comportamento de vilões “robôs” já foi visto várias vezes na era moderna de Doctor Who, tais como os manequins da Consciência Nestene (em “Rose“), os anjos do Titanic (em “Voyage of the Damned“), os androides reparadores (em “The Girl in the Fireplace“), quase sempre os Cybermen, e, claro, os Handbots (em “The Girl Who Waited“).

p00nq66m

Além de muito parecidos fisicamente (talvez com figurino reaproveitado pela produção), os Handbots e os Emojibots têm nomes e funções bem parecidos. Os Handbots eram os “vilões da gentileza”, ou seja, tudo o que queriam era vacinar os novos turistas para que eles tivessem a melhor experiência no planeta Apalapucia (infelizmente, as vacinas eram fatais para humanos e Senhores do Tempo, o que tornava os Handbots inimigos). Agora, é a vez dos Emojibots exigirem sorrisos, afinal, sorrir faz bem, não é?

O que você acha? Será que a felicidade deveria ser uma lei? Será que vamos ter medo dos bonitinhos Emojibots?

Bill: É muita loucura eu eu não estar com medo, só muito animada?

Doutor: Emojis, selfies, comunicações que se pode vestir. Estamos na Utopia dos adolescentes vazios.

Bill: O que é Utopia?

Doutor: Um lugar perfeito e imaginário.

Bill: Isto aqui não é imaginário.

Doutor: Aposto que também não é perfeito.

Esse diálogo mostra como Bill é curiosa, como não se importa em perguntar coisas simples e como o Doutor continua sarcástico.

Além disso, ele menciona Utopia que, apesar de o conceito da palavra estar correto e pode ser usado para qualquer “lugar perfeito e imaginário”, nos faz lembrar o episódio 11 da 3ª temporada, “Utopia“, um suposto planeta para onde a faminta espécie humana do futuro poderia viajar para ter uma nova vida.

960

Infelizmente, o tal planeta era só mais um plano maligno do Mestre – que, por sinal, está de volta nesta 10ª temporada, em dose dupla, com duas versões, a de John Simm e a de Michelle Gomez. Leia mais sobre isso aqui.

O que você achou desse diálogo entre Bill e o Doutor? E a alfinetada nos adolescentes “vazios” viciados em emojis e selfies? Deixe seu comentário.

Episódio 3: “Thin Ice”

Em poucas palavras: 4 de fevereiro de 1814. Londres. O Doutor e Bill relaxam na última grande Feira Fria no congelado Rio Tâmisa, curtindo a atmosfera carnavalesca e comento tortas. Porém, luzes sinistras estão fervilhando debaixo do gelo, atraido pessoas para a morte nas negras profundezas do rio – e à media que o Doutor pega o caso, um desesperado bando de mendigos locais podem prover as pistas de que ele precisa. Alguém poderoso e cruel está tramando atrair o máximo de pessoas possível para a feira… mas por quê? E o que se esconde no fundo do Tâmisa, esperando implacavelmente pelas primeiras rachaduras ameaçadoras no gelo?

Series-10-Trailer-2017-68

Ameaças escondidas no gelo… mais uma referência para os nostálgicos. Lembram-se do episódio 8 da 7ª temporada, “Cold War“? Pois é, tínhamos um bloco de gelo encontrado no fundo do oceano, que escondia o quê/quem? Um marciano geladinho…

doctor-who

E obviamente não podemos deixar essa referência de lado porque já sabemos que os Ice Warriors estão de volta para a 10ª temporada de Doctor Who, em uma versão diferente da que vimos em “Cold War” (talvez uma versão feminina) e ainda mais diferente das versões da era clássica.

gallery-1489499713-screen-shot-2017-03-14-at-135718

Será que, novamente, os Ice Warriors estão escondidos no gelo do planeta Terra? Será que a Ice Warrior fêmea do trailer é a famosa filha do general marciano que vimos em “Cold War”? Qual sua opinião?

Doutor: Suposição. Existe algo debaixo do Tâmisa congelado e está comendo pessoas.

Bill: Ok.

Doutor: Proposta. Precisamos de dar uma olhada mais de perto nisso.

Bill: Boa, isso.

Doutor: Plano. Vamos ser comidos.

Esse é o nosso Doutor, que adora enfrentar as ameaças pelo caminho mais curto, cumprindo-as antes de seus ameaçadores. Velha técnica que sempre funciona – e que quase sempre é trazida pelo próprio Steven Moffat… coincidência?

Esses são trechos da DWM deste mês, que você pode comprar on-line, caso tenha um bom cartão bancário internacional.

Deixe seu comentário, curta e compartilhe este artigo com seus amigos whovians!

A 10ª temporada vai ao ar no dia 15 de abril de 2017, pela BBC One, e você poderá fazer o download com legendas aqui no Universo Who.

Texto: Djonatha Geremias (Universo Who)
Fonte:
Doctor Who TV

Djonatha Geremias News Translator

Não sou Colônia Sarff, mas vivo caçando notícias sobre Doctor Who, com ajuda do Circuito de Tradução da TARDIS. Jornalista cultural, escritor catarinense, roteirista de série e whovian de alma. Para ler todas minhas postagens, clique aqui.

  • Maníaco Por Doctor Who

    abril 10, 2017 #1 Author

    Que emoção, está quase chegando o dia da estreia, Emojibots eles são bonitinhos mais devem ser do mal kkk, ah eu queria mesmo fazer uma turnê pela minha linha do tempo, pro futuro, mesmo que quebrasse a lei dos Time Lords, afinal se o Doctor pode porquê eu não? #ATimeForHeroes

    Responder

  • Carolina

    abril 11, 2017 #2 Author

    Será que é só coincidência ou é proposital o fato de que quase sempre a ordem dos episódios quando tem uma nova companion é: Primeiro episódio (Terra atual) -> Segundo episódio (Espaço no futuro ou presente) -> Terceiro episódio (Terra no tempo passado)? Com a Rose, Amy e Clara (se você contar só a Clara atual e não as outras da linha do tempo do Doctor) têm episódios nessa ordem. E agora a nova companion também. Só Marta e Donna que pularam a parte do Espaço no futuro ou presente antes do episódio da Terra no passado. Fico pensando se eles fizeram assim de forma proposital…

    Responder

  • Fabrício Negreiros

    abril 11, 2017 #3 Author

    Essa temporada vai vir pra arregaçar com tudo!

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *